Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Conheça Maya Angelou, a autora e ativista americana homenageada pelo Obama

Escritora completaria 90 anos nesta quarta-feira e ganhou um doodle do Google

Por Redação Atualizado em 4 abr 2018, 12h19 - Publicado em 4 abr 2018, 10h30

O Google homenageia com um doodle nesta quarta-feira a americana Maya Angelou. A escritora e ativista completaria noventa anos se estivesse viva. Maya ganhou reconhecimento por lutar pelos direitos civis ao lado de nomes como Martin Luther King e Malcom X nos anos 1960 e em 2011 recebeu das mão de Barack Obama a Medalha Presidencial da Liberdade, a maior condecoração civil dos Estados Unidos.

Maya Angelou, pseudônimo de Marguerite Ann Johnson, ainda trabalhou como atriz, cantora e bailarina durante a carreira. Ela chegou a ser indicada ao prêmio Tony em 1973 pela sua atuação na peça Look Away e participou de filmes como Colcha de Retalhos (1995) e do longa protagonizado por Janet Jackson, Sem Medo no Coração (1993).

A americana ficou conhecida, principalmente, pelas publicações dos seus livros autobiográficos. A sua primeira obra, I Know Why the Caged Bird Singsn (1969), se manteve na lista de best-sellers do jornal The New York Times por dois anos e ganhou um prêmio National Book Award, um dos mais importantes da literatura nos Estados Unidos.


  • Maya Angelou morreu em maio de 2014 aos 86 anos na Carolina do Norte. Em um comunicado divulgado na época, Obama lamentou a morte da escritora: “Como muitos outros, Michelle e eu sempre vamos estimar o tempo que tivemos o privilégio de passar com Maya. Com palavras doces e um forte abraço, ela tinha a habilidade de nos lembrar que somos todos filhos de Deus, que todos temos algo a oferecer”.

    Homenagem do Google à escritora Maya Angelou

    Maya Angelou
    Maya Angelou AFP/VEJA

    Continua após a publicidade
    Publicidade