Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Confira quem morreu em ‘Os Simpsons’ — e prepare o tomate

Site da revista 'Time' chegou a fazer um obituário para o morto, e parece mesmo necessário: afinal, quem lembra do pai do palhaço Krusty?

Por Da Redação 29 set 2014, 09h35
O palhaço Krusty e o pai, o rabino Hyman Krustovski
O palhaço Krusty e o pai, o rabino Hyman Krustovski VEJA

Não foi à toa que Al Jean, produtor-executivo dos Simpsons, ficou receoso ao ver a repercussão da notícia de que um personagem da série seria morto. A comoção antecipada foi muito maior do que aquela que a morte justificaria, ele tentou dizer, ao falar que o personagem escolhido para deixar o programa era querido, mas “não icônico”. No primeiro episódio da 26ª temporada do seriado, exibido na noite deste domingo nos Estados Unidos e ainda sem data de transmissão no Brasil, quem disse adeus foi Hyman Krustovski. Lembra dele? Pois é, esse é o problema: muita gente não se lembra do rabino, que é pai do palhaço Krusty. Krustovski é tão pouco importante na série que sua morte deve mesmo ter decepcionado os fãs que esperavam a queda de um personagem mais relevante.

ENQUETE: Que personagem de ‘Os Simpsons’ deveria morrer?

Para ajudar os que se esforçam, mas não conseguem resgatar a lembrança do rabino, o site da revista Time preparou um obituário de Krustovski. Ele apareceu na série em 1991, em um episódio da terceira temporada, intitulado Like Father, Like Clown. Ali, ficamos sabendo que Krusty tinha como pai um rabino nascido e criado no lado leste de Springfield. Hyman se tornou o homem mais respeitado da sua comunidade e desejava que o filho, Herschel, seguisse a sua carreira, mas ele queria ser… palhaço. Distanciados por muitos anos, os Krustofskis só se reencontraram por obra de dois fãs de Krusty — Bart e Lisa Simpson, para quem não adivinhou.

Hyman Krustovski apareceu novamente na série em 2003, no episódio em que o filho, para o seu regozijo, decide enfim realizar o Bar Mitzvah. Regozijo que dura pouco: Krusty resolve televisionar o evento e Hyman percebe que o filho só está fazendo aquilo para chamar a atenção da imprensa e cavar um retorno à TV, depois de ter seu programa cancelado. A armação acaba afastando Krusy e o pai mais uma vez.

Um Bar Mitzvah para valer só aconteceria em 2010, no episódio em que o palhaço chama o pai rabino para celebrar seu 15º casamento. Que também acaba mal, é claro: Krusty larga a noiva, Princesa Penelope, no altar.

Leia também:

Marge, de ‘Os Simpsons’, inspira linha de cosméticos

‘Os Simpsons’ será exibido pela 1ª vez na China

Se a morte de Krustofski desapontou quem esperava um funeral mais, digamos, importante, posta em perspectiva ela fica ainda menor. A série já viu morrer outros personagens até mais relevantes que o rabino, como Maude Flanders, vizinha de Homer e Amber Simpson, a mulher de Homer em Las Vegas.

Dose dupla de Simpsons — Também na noite deste domingo, a família Simpson e a cidade de Springfield apareceram no episódio de estreia da 13ª temporada de Family Guy, série concorrente dos Simpsons, com a qual fará um cross-over. Confira abaixo um pouco do que aconteceria no episódio de encontro das famílias mais amalucadas da TV americana.

Como os Griffins vão parar em Springfield

Durante uma parada na estrada, o carro de Peter é roubado — pois é, isso não acontece apenas no Brasil. Ele até acha divertido, mas a mulher tenta chamá-lo de volta à realidade. “Mas, Peter, a gente nem sabe onde está.” É quando avistam a placa com o nome da cidade de Springfield, apresentada aos poucos ao espectador, enquanto soa a música-tema de Homer e companhia.

Continua após a publicidade

Hepatite em Springfield?

Peter recomenda à família, ao chegar à cidade dos Simpsons, onde todos são amarelos: “Não bebam água. Todos aqui parecem ter hepatite.” Em seguida, eles entram na loja de conveniência de Apu, o indiano, que lhes oferece… rosquinha.

Acolhida dos Simpsons

Depois de terem o carro roubado e, aparentemente, livrarem Homer e Margie de assassinos, os Griffins são acolhidos na casa da família amarela, junto a quem Bart faz sucesso ao responder à mãe com uma frase de efeito. “Coma os meus shorts”, diz, quando ela o manda lavar a mão para almoçar.

Brian e Ajudante de Papai Noel

Pobre Brian. É o mais inteligente e elegante da família Griffin, mas na mesa dos Simpsons não tem lugar, e é obrigado a comer junto com o Ajudante de Papai Noel, cachorro de Bart, que de esperto e civilizado não tem nada.

Camiseta molhada

Camiseta branca molhada, shortinho curto, corpos ensaboados… essa imagem pode representar sensualidade, mas não no caso de Homer e Peter, que estão assim como parte de um plano, pouco sábio como se pode ver, para encontrar o carro roubado do “family guy”. Eles oferecem para lavar gratuitamente veículos roubados — e a fila que se forma é imensa.

Bêbados de combustível

“Muito bem, Peter. Para encontrarmos o seu carro, precisamos pensar como um carro”, propõe Homer, antes de se embebedar com gasolina em um posto, ao lado de Peter. “Eu estou mal”, diz o mais novo amigo de infância de Homer, antes de concluir, não com alguma sabedoria, “Talvez estejamos fazendo isso da forma errada”. E então eles veem uma cliente do posto introduzir a bomba na traseira do seu automóvel.

Continua após a publicidade
Publicidade