Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Começam as apostas a uma semana do Oscar

Por Por Leila Macor 19 fev 2012, 12h35

Um filme mudo e em preto e branco ganhará o Oscar? Ou Martin Scorsese levará sua segunda estatueta com um filme infantil para adultos? Começam as apostas a uma semana da entrega dos prêmios, que serão concedidos em um teatro que já não se chama Kodak e com a atuação dos Muppets.

A esperada grande festa de Hollywood, utilizada não apenas pela indústria do cinema, mas também por estilistas, ‘chefs’, joalheiros e vários profissionais como uma vitrine promocional, começa neste domingo às 17H00 local (22H00 de Brasília) em Hollywood.

A concorrência será forte entre “O Artista”, um filme francês em preto e branco que imita os melodramas dos anos 1920, e “A invenção de Hugo Cabret”, uma produção em 3D de Scorsese visualmente cativante, que presta homenagem ao cinema e tem o ritmo de um filme para adultos, embora se apresente para o público infantil.

“A Invenção de Hugo Cabret” e “O Artista” arrasaram com 11 e 10 indicações, respectivamente, entre elas a de “Melhor Filme” e “Melhor Diretor”.

Para o principal prêmio também competem “Monneyball: 0 homem que mudou o jogo”, com Brad Pitt; o drama familiar “Os Descendentes”, com George Clooney, o místico filme de Terrence Malick “A Árvore da Vida”; o intelectual “Meia Noite em Paris”, de Woody Allen; o drama sobre empregadas domésticas “Histórias Cruzadas” e “Tão Forte e Tão Perto”, com Tom Hanks e Sandra Bullock.

Entre os indicados da noite destacam-se as estrelas Meryl Streep, Glenn Close, Nick Nolte e, é claro, Clooney e Pitt. Também está na disputa pelo prêmio de melhor ator o mexicano Demián Bichir pelo drama migratório “A Better Life”.

Transmitida ao vivo para mais de 225 países, segundo a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas – que organiza o Oscar -, a cerimônia deste ano chega com várias particularidades. A primeira delas é que está sem seu patrocinador chave, a Kodak.

A empresa, vítima da transição para a era da fotografia digital, colocou-se sob a proteção da lei de quebras no dia 19 de janeiro.

Continua após a publicidade

No dia 15 de fevereiro, a justiça decidiu a favor da antiga gigante fotográfica para romper seu contrato de patrocínio, que dava ao local onde há dez anos é realizada a cerimônia o nome de Teatro Kodak.

O tribunal de quebras de Nova York decidiu que a ruptura do contrato pedida pela Kodak era “de interesse dos devedores, de seus bens, de seus credores e de outras partes interessadas” e que se tornaria efetiva imediatamente.

O acordo era de 72 milhões de dólares em 20 anos, ou seja, 3,6 milhões anuais.

No entanto, o cartaz que diz “Kodak” na entrada do teatro permanece no local e a Academia continua chamando-o desta maneira, embora os jornalistas estejam com dificuldades ao ter que classificar um local que fisicamente não desapareceu, com expressões surrealistas como o “ex-teatro Kodak”.

Por sua vez, a apresentação dos prêmios, que estará a cargo de estrelas como Halle Berry, Tom Cruise, Penélope Cruz, Cameron Diaz, Tom Hanks, Angelina Jolie, Milla Jovovich, Jennifer Lopez e Emma Stone, também terá entre seus convidados Rana Kermit e Miss Piggy.

O divertido filme infantil “Os Muppets” foi indicado na categoria melhor canção original pelo tema “Man or Muppet”, uma graciosa exposição da angústia existencial sofrida por seu protagonista humano e seu colega fantoche por não saberem se são humanos ou fantoches.

No entanto, parece que outras espécies de animais não estarão presentes na cerimônia. Informações da imprensa fizeram circular o rumor de que o cachorro Uggie, destaque de “O Artista”, preparava um número com o mestre de cerimônias Billy Crystal, mas a Academia não confirmou estas versões.

Apesar disso, o maior show da indústria de entretenimento contará com um espetáculo de 50 acrobatas do Cirque du Soleil, uma extraordinária trupe canadense cujas apresentações foram vistas por 100 milhões de pessoas em 300 cidades.

Continua após a publicidade
Publicidade