Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Clarice Falcão: ‘Chega de novela na Globo, foi horrível’

'Eu prefiro fazer coisas mais livres, ser mais autoral, ou então estar com uma galera, tipo o Porta', disse em entrevista ao 'Pânico'

Por Maria Carolina Maia Atualizado em 7 set 2016, 17h59 - Publicado em 7 set 2016, 12h58

Ser filha de dois roteiristas de peso na Globo, Adriana e João Falcão, este coautor da série que estreia no próximo dia 27,  Nada Será Como Antes, não impediu Clarice Falcão de depor contra a experiência que teve como atriz de novela na emissora. E não apenas de novela, mas de novela das 9, o principal produto do canal carioca: Clarice, que também atuou no Porta dos Fundos, classificou como “horrível” o trabalho em A Favorita, trama de João Emanuel Carneiro em que fez a filha de Lilia Cabral, uma menina que havia sido violentada pelo pai.

LEIA TAMBÉM:
Clarice Falcão anuncia saída do Porta dos Fundos
Em show no Rio, Clarice Falcão critica Marco Feliciano

“A novela era incrível, mas eu não me acostumei. Era um personagem muito dramático, eu voltava para casa muito infeliz”, contou em entrevista ao Pânico, na rádio Jovem Pan, nesta terça-feira. “Eu também senti falta da galera. Eu cresci com os meus pais trabalhando juntos, eles eram casados e trabalhavam juntos, um escrevia o livro do outro. Eles eram total a minha inspiração. Eu prefiro fazer coisas mais livres, ser mais autoral, ou então estar com uma galera, tipo o Porta.”

Há uma semana, Clarice publicou uma foto de um rapaz em seu Instagram que chamava atenção pela legenda: “Chega de novela, não faço mais novela”.

Longe da TV, a atriz estreia no próximo dia 15 a comédia Desculpe o Transtorno, que tem como uma de suas roteiristas a mãe, Adriana Falcão.

 

View this post on Instagram

CHEGA DE NOVELA, não faço mais novela

A post shared by Clarice Falcão (@clarafalcao) on

Continua após a publicidade

Publicidade