Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cinemas da Coreia do Sul e dos EUA passam a alugar salas para gamers

Pelas restrições da pandemia, a proposta surge como alternativa para recuperar a renda perdida com a falta de público

Por Eduardo F. Filho 15 fev 2021, 12h26

Ao enfrentar a escassez de público e de estreias, após meses fechadas por causa da pandemia, as salas de cinema continuam a buscar alternativas para se manter em atividade à espera de dias melhores. No Brasil, as redes Cinemark e UCI, por exemplo, optaram por alugar suas salas para grupos de no máximo 20 amigos.

Na Coreia do Sul, a CGV, a maior rede de cinemas do país, foi além e começou a alugar suas salas para gamers, que utilizam o espaço para jogar com amigos. A exibidora aceita grupos de no máximo quatro pessoas pelo período de duas horas. Se o aluguel ocorrer antes das 18 horas, o preço fica em torno de 90 dólares (483 reais na cotação atual). Se o aluguel da sala for noturno, o custo sobe para 135 dólares (725 reais). Os jogadores levam de suas casas o controle, o console e os jogos: apenas a sala e sua tela são parte do pacote.

Segundo a BBC, o serviço atraiu 130 pagantes desde o começo do ano, quando a rede começou a ofertar o aluguel. Apesar do preço parecer salgado, o grupo, que em sua maioria é composto por homens na casa dos 30 aos 40 anos, gera uma receita menor do que em um dia de exibição de filme normal com metade da ocupação na sala.

Nos Estados Unidos, a rede Malco já tem alugado suas salas para jogadores de gamers desde novembro de 2020. Diferente da Coreia do Sul, entretanto, a rede americana aluga salas para grupos de até 20 pessoas. O preço do serviço Malco Select é de 100 dólares (537 reais) por duas horas e 150 dólares (805 reais) por três. 

De acordo com a revista americana Variety, ao redor do mundo, a venda de ingressos caiu 71% em 2020 gerando uma receita de 12,4 bilhões de dólares, contra 42,5 bilhões de dólares em 2019. Só no Brasil, a bilheteria caiu 78% no ano passado, gerando uma receita de 646 milhões de reais – número abaixo dos 2,8 bilhões de reais em 2019.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.