Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cinebiografia de Elis Regina conquista cinemas fora do Brasil

Filme 'Elis' está em cartaz em 14 outros países, incluindo a Coreia do Norte, Taiwan e Japão

Por Mabi Barros - Atualizado em 2 nov 2017, 10h15 - Publicado em 2 nov 2017, 09h46

Um ano após estrear no Brasil, a cinebiografia Elis está em cartaz em catorze cinemas mundo afora. O filme, dirigido por Hugo Prata, tem Andréia Horta no papel principal, e acompanha a ascensão da cantora, que é uma das principais vozes da Música Popular Brasileira, até sua morte em 1982.

“Nós esperávamos que o filme fizesse sucesso na Itália, França, Japão, porque nesses países as músicas da Elis são escutadas até hoje”, comenta o filho da cantora, João Marcello Bôscoli. “Foi uma surpresa Elis ser exibido e admirado em lugares onde ela é pouco conhecida, como a Coreia do Norte e Taiwan. O filme chegou até lá pela força da música.”

Cartaz do filme ‘Elis’ exibido em mural em Lisboa, Portugal //Reprodução

João Marcelo, que não participou diretamente da produção do longa, ficou comovido com o apelo de Elis em países que não falam português. “Eu vivo para alimentar e manter os fãs da minha mãe. Meu trabalho é convencer as pessoas a continuarem ouvindo e apreciando o trabalho dela.”

Para ele, o sucesso internacional de Elis marca o início do reconhecimento da cantora como um “tesouro artístico” da música. “Alicia Keys, Herbie Hancock, Bob Dylan, são todos fãs da minha mãe”, conta. Fora do Brasil, o longa é exibido com legendas, ou dublado no idioma do país, o que ajuda a superar a barreira da língua. “Mas nas músicas ninguém mexe.”

Cartaz do filme ‘Elis’ na Coreia do Sul //Reprodução

Publicidade