Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Chuva de astros e estrelas no Festival de Veneza

Por Por Gildas LE ROUX 28 jul 2011, 13h19

A 68ª edição do Festival de Veneza (31 de agosto-10 de setembro) verá desfilar, no tapete vermelho, atores como George Clooney, Madonna, Al Pacino e Kate Winslet, prometendo uma competição obstinada entre cineastas como Polanski e Cronenberg.

No total, 22 filmes (todos em première mundial) competem pelo Leão de Ouro, incluindo uma adaptação do ‘manga’ clássico “Himizu” pelo célebre diretor japonês Sion Sono.

O quarto filme de Clooney, “The Ides of March”, abrirá a Mostra. Também participam do filme Ryan Gosling, Philip Seymour Hoffman e Marisa Tomei.

O de Roman Polanski, “Carnage”, conta com a interpretação de Jodie Foster, Kate Winslet e Christoph Waltz e deverá fazer a alegria dos paparazzi. O cineasta não estará presente, por motivos legais, segundo o diretor do festival, Marco Mueller.

O diretor canadense David Cronenberg, conhecido pelos seus filmes de horror, como ‘Baron of Blood’ vai trazer para a competição Keira Knightley, Viggo Mortensen, Michael Fassbender e Vincent Cassel, atuando no seu “A Dangerous Method”.

O filme, adaptado de um drama passado na véspera da Segunda Guerra Mundial é baseado nas relações tempestuosas entre o psiquiatra Sigmund Freud, seu pupilo Carl Jung e uma fascinante mulher que surge entre os dois.

O sedutor Matthew McConaughey será protagonista de “Killer Joe”, assinado por William Friedkin.

Outra produção esperada é “Dark Horse” de Todd Solondz, com Mia Farrow e Christopher Walken.

Continua após a publicidade

Vão defender as cores francesas Philippe Garrel (“Un été brûlant”, Um verão ardente, numa tradução literal) e o duo Marjane Satrapi-Vincent Parionnaud (“Poulet aux prunes”, frango com ameixas). Além de Marjane Satrapi, autor aclamado de “Persépolis”, um outro desenho animado estará em competição: o italiano “Gipi” (Gian Alfonso Pacinotti) com “L’ultimo terrestre”.

A península também estará representada por Cristina Comencini (“Quando la notte”) e Emanuele Crialese (“Terraferma”).

Dois pesos-pesados do cinema mundial vão, também, fazer parte da corrida pelo Leão de Ouro, levado ano passado por Sofia Coppola com “Somewhere”: o russo Alexandre Sokourov (“Faust”) e o americano Todd Solondz (“Dark Horse”).

A 68ª Mostra marcará, também, a volta de Abel Ferrara com um trabalho sobre o fim do mundo: “4:44 Last Day On Earth”.

Objetivo deste ano do Festival: “Atingir a sensibilidade e a inteligência dos espectadores com imagens envolventes, fazê-lo sonhar, mas também refletir”, confiou o diretor da Mostra, Marco Mueller, nesta quinta-feira, em Roma, durante a entrevista de apresentação à imprensa.

Os grandes astros já confirmaram presença, entre eles a cantora Madonna, que virá pessoalmente acompanhar a estreia, fora de competição, de “W.E.”, um filme sobre a história de amor entre o rei Eduardo VIII e a americana divorciada Wallis Simpson; assim como Al Pacino, realizador e ator de “Wilde Salome”.

Na seção paralela do festival, está sendo esperada a apresentação de “Sal”, um filme de James Franco sobre Sal Mineo, o jovem ator que trabalhou ao lado de James Dean em “Juventude Transviada” e morreu assassinado, em 1976.

O júri, presidido pelo cineasta americano Darren Aronofsky, realizador de “Cisne Negro”, terá a seu lado, entre outros, o cineasta francês André Téchiné, o colega americano Todd Haynes e o ex-vocalista dos Talking Heads, David Byrne.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês