Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Cher diz que foi chamada de ‘velha e nada sexy’ por diretor de Hollywood

Atriz afirmou que foi insultada em 1986, durante a produção de 'As Bruxas de Eastwick'

Por Redação Atualizado em 20 ago 2018, 23h02 - Publicado em 20 ago 2018, 19h09

Cher revelou que foi chamada de “velha demais e nada sexy” pelo diretor George Miller, em 1986, durante a produção do filme As Bruxas de Eastwick (1987). O ator Jack Nicholson também teria reforçado a declaração. A cantora e atriz de 72 anos contou a história durante um show em Atlantic City no último fim de semana, segundo o site da revista The Hollywood Reporter.

Cher afirmou que estava com receio de fazer 40 anos, em 1986, mas deixou o medo de lado ao ter uma festa de aniversário “fantástica”. “Naquela manhã, meu telefone tocou e o homem disse: ‘Oi, Cher, é o George Miller’. (…) Ele era o diretor de As Bruxas de Eastwick. Ele disse: ‘Eu só queria ligar e dizer que eu não quero você no meu filme, Jack Nicholson e eu achamos que você está velha demais e não é nada sexy’. Bom dia, 40!”, contou.

A cantora disse que começou a chorar com a declaração. “Eu estava de coração partido. Eu queria tanto fazer esse filme. Geralmente, em Hollywood, se você insulta alguém, você logo desliga. Mas ele não queria desligar. Ele queria me dizer tudo: ‘Eu odeio seu jeito de andar e falar, não gosto da cor do seu cabelo, não gosto do seu cabelo’.”

Cansada dos desaforos, Cher respondeu: “Finalmente, eu disse: ‘Ok, olhe aqui. Você não me encontrou embaixo de uma pedra. Eu fui indicada ao Oscar por Silkwood: O Retrato de uma Coragem. E eu ganhei o prêmio de melhor atriz do Festival de Cannes por Marcas do Destino. Então, tchau'”.

No fim das contas, Cher se tornou uma das protagonistas do filme de Miller, atuando ao lado de Nicholson, Susan Sarandon e Michelle Pfeiffer.

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)