Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Charlie Sheen pode ser processado por transmitir HIV

Ator confirmou ser soropositivo durante programa de televisão; lei da Califórnia considera crime expor outra pessoa ao vírus de forma intencional

Por Da Redação 18 nov 2015, 16h32

Charlie Sheen confirmou ser soropositivo no programa de TV Today, na manhã desta terça-feira. O anúncio provocou uma onda de rumores sobre antigas namoradas do ator, que teriam o interesse em processá-lo. Segundo Sheen, ele avisou a todos seus parceiros sobre o vírus antes da relação sexual, desde que descobriu ser portador de HIV, em 2011. Ao ser questionado se esperava por processos judiciais após o anúncio, o ator disse: “Com certeza é o que está por vir”.

De acordo com o site da revista Variety, na Califórnia, estado americano onde o ator vive, é considerado crime quem expõe outra pessoa ao vírus HIV ou outra doença sexualmente transmissível, através de sexo sem proteção, sabendo ser portador e com a intenção de contaminar o outro. Porém, comprovar a intenção não é fácil e poucos foram condenados nos tribunais californianos.

Contudo, existem casos locais, como o de uma mulher que ganhou 6,7 milhões de dólares em um processo contra seu ex-namorado, acusado de transmitir herpes de forma intencional e negligente. Também existem ações movidas por pessoas que não foram contaminadas, mas se sentiram emocionalmente abaladas ao descobrir a exposição à doença.

Leia também:

Charlie Sheen nunca falou sobre HIV, diz ex-namorada

Continua após a publicidade

Charlie Sheen afirma ser portador do vírus HIV

Aids ainda é subestimada pelos jovens

Segundo o site de fofoca The Daily Mail, seis pessoas já teriam dito que planejam processar o ator. Outras, como as ex-namoradas Bree Olson e Natalie Kenly, afirmam que Sheen nunca disse ser soropositivo. Ambas fizeram testes de HIV recentemente e garantem que não foram contaminadas.

Durante a entrevista em que fez a revelação, Sheen afirmou que vinha sendo chantageado por pessoas que sabiam de sua condição e que chegou a gastar milhões para eles ficarem calados.

Em contrapartida, o jogador de basquete Magic Johnson, diagnosticado com HIV em 1991, fez um comentário em sua conta no Twitter sobre Sheen, dizendo que espera pela parceria do ator na luta contra a falta de informação sobre a aids. “Eu desejo o que há de melhor a Charlie Sheen e toda sua família. Com o avanço dos tratamentos e da medicina, ele poderá lutar contra a doença e viver uma vida longa.”

Continua após a publicidade
Publicidade