Clique e assine a partir de 9,90/mês

Casal de americanos doa R$ 1,2 bilhão em obras ao d’Orsay

Pelo valor, a doação é a maior estrangeira feita a um museu francês desde 1945

Por Da redação - Atualizado em 22 out 2016, 17h09 - Publicado em 22 out 2016, 15h00

Um casal de americanos doou ao Museu d’Orsay de Paris uma coleção de quadros de artistas como Edgar Degas, Amedeo Modigliani, Pierre Bonnard, Édouard Vuillard e Odilon Redon avaliada em 350 milhões de euros — 381 milhões de dólares ou 1,2 bilhão de reais. A coleção do casal Hays irá para a instituição após a morte dos dois, que hoje têm 80 anos. A doação, pelo valor financeiro e artístico, é a maior já recebida por um museu francês desde 1945. O conjunto doado inclui 600 obras da metade do século XIX e da primeira metade do século XX.  

Uma primeira doação de 187 obras, com valor estimado em 173 milhões de euros, seria formalizada neste sábado em Paris, uma cerimônia que contaria com a presença do presidente François Hollande.

Spencer e Marlene Hays, originários do Texas, colocaram como condição que a coleção, que tem uma coerência interna, seja apresentada em um espaço especial. A mostra ficará exposta em um ambiente de 900 m2.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade