Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Carta de amor de Ernest Hemingway a Marlene Dietrich vai a leilão

Segundo o site da revista 'The Hollywood Reporter', o escritor americano diz à atriz que a imaginava 'bêbada e nua'

Por Da Redação 11 mar 2014, 12h18

Uma estranha carta de amor de Ernest Hemingway à atriz alemã Marlene Dietrich, sua amiga e estrela do cinema noir, vai ser leiloada entre março e abril. Segundo o site da revista The Hollywood Reporter, no documento, que esbanja sensualidade, o escritor americano diz à femme fatale, indicada ao Oscar em 1931 pelo filme Marrocos, que a imaginava “bêbada e nua” e descreve a forma como gostaria de se aproximar dela nesse estado.

Leia também:

Rodrigo Santoro atua em filme sobre Ernest Hemingway

Sharon Stone processa produtor que a envolveu em fraude em cinebiografia de Hemingway

A carta, de 1955, parece até ser escrita por um fervoroso amante de Marlene. Hemingway a conheceu em um cruzeiro de Paris para Nova York em 1934 e os dois ficaram amigos, mas nunca tiveram qualquer envolvimento amoroso. De acordo com a publicação, a correspondência trocada entre eles, no entanto, sempre foi cheia de afeto – e, nesse caso em particular, de estranheza.

Hemingway começa a carta respondendo a reclamações de Marlene sobre a preparação de palco de uma peça que ela apresentava em Las Vegas. “Se eu fosse responsável por isso, provavelmente haveria uma novidade, como você sendo jogada ao palco, bêbada, por um morteiro”, escreve ele. “Enquanto você estivesse no palco, bêbada e nua, eu avançaria em sua direção por trás, usando traje de gala e tiraria rapidamente minhas roupas para a cobri-la.”

A carta será leiloada junto com outros objetos que pertenciam à atriz, como relógios, fotografias e óculos de sol, no site Auctionmystuff.com, entre 19 de março e 6 de abril.

Continua após a publicidade

Publicidade