Clique e assine com até 92% de desconto

Cantora Taylor Swift e neto de Robert Kennedy estão namorando

Por Da Redação 1 ago 2012, 16h02

Nova York, 1 ago (EFE).- A cantora country Taylor Swift e um dos netos de Robert Kennedy, Conor, começaram um namoro apoiado pela avó do jovem, Ethel Kennedy, que está fascinada pelo talento musical da jovem, segundo publicou nesta quarta-feira o jornal ‘New York Post’.

‘Conor a considera sua namorada, não só uma amiga ou alguém com quem sai’, afirmou uma fonte próxima ao jovem membro do clã Kennedy, de 18 anos, segundo o veículo. Ambos se conheceram em 4 de julho e agora estão ‘apaixonados’ um pelo outro, afirma a fonte.

A cantora, de 22 anos e ganhadora de seis prêmios Grammy, foi convidada pela viúva de Robert Kennedy a passar o fim de semana passado na casa da família em Cape Cod (Massachusetts), onde foi vista ‘muito relaxada e feliz’, lendo revistas com Conor no gramado e maquiando algumas das pequenas Kennedy.

Ethel Kennedy, de 83 anos, está há um ano ‘fascinada’ pelas melodias de Swift e se inteirou, lendo um artigo da revista ‘The New Yorker’, que a cantora costuma ver documentários de sua lendária família quando está viajando e que leu um livro de 900 páginas sobre as mulheres da dinastia política.

‘Estou obcecada com a história de John Fitzgerald Kennedy e de Robert Francis Kennedy’, confessou Swift à revista na ocasião, em referência aos dois irmãos, o primeiro presidente dos EUA e o segundo procurador-geral e depois senador, que foram assassinados em 1963 e 1968, respectivamente.

Por causa disso, a artista e a viúva de Robert Kennedy ficaram amigas, até o ponto que Swift a acompanhou, em janeiro, no tapete vermelho durante o lançamento do documentário ‘Ethel’.

Agora a cantora parece disposta a viver seu particular ‘Love Story’, nome de uma de suas músicas mais famosas, com o jovem Kennedy, que, segundo fontes ligadas, ‘está apaixonado há duas semanas’. Segundo amigos do jovem, ele tem a aprovação de seus parentes.

As mesmas fontes revelaram que o clã acredita que a relação é ‘genial, já que qualquer coisa positiva associada com uma menina como Swift, que é totalmente americana, não pode causar nenhum dano’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade