Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Campanha de lingerie critica Victoria’s Secret

O movimento #ImNoAngel usa modelos curvilíneas em ação que defende a beleza de todos os corpos

Por Da Redação
Atualizado em 5 jun 2024, 07h10 - Publicado em 7 abr 2015, 19h53

Durante anos, a Victoria’s Secret domina o mercado de lingeries com suas modelos famosas pelos corpos esculturais. As ‘angels’, como são conhecidas, participam de desfiles super produzidos e campanhas publicitárias milionárias. Outras marcas de lingerie, contudo, passaram a questionar os padrões da Secret, exemplo disso é a mais recente campanha #ImNoAngel produzida pela marca americana plus-size Lane Bryant.

Leia também:

Brasileiras são destaque no desfile da Victoria’s Secret

Sete passos para ganhar mais autoconfiança

Com um vídeo que se tornou viral nas redes, a grife apresenta uma propaganda na qual um grupo de mulheres diversas e com variados tipos de corpos buscam redefinir o conceito de “sexy”.

Continua após a publicidade

“Nossa campanha #ImNoAngel foi pensada para encorajar todas as mulheres a amar cada parte delas”, explicou Linda Heasley, CEO da Lane Bryant, segundo o portal americano International Business Time.

Confira o vídeo:

(Da redação)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.