Clique e assine a partir de 9,90/mês

Calvin Harris responde rumor de que Taylor Swift teria terminado namoro

Site americano afirmou nesta segunda-feira que o relacionamento havia chegado ao fim após uma visita do DJ a uma massagista tailandesa

Por Da Redação - 12 out 2015, 18h42

O DJ Calvin Harris “xingou muito no Twitter” por causa dos últimos rumores de que seu namoro com Taylor Swift teria terminado. O site americano RadarOnline afirmou nesta segunda-feira que a cantora colocou um ponto final na relação porque ela descobriu que o namorado visitou uma massagista tailandesa e depois mentiu sobre isso. “Ele mentiu dizendo que a massagista que cuida de sua equipe estava doente e que ele precisava relaxar os ombros”, teria dito uma fonte ao site.

Leia também:

Calvin Harris, o novo namorado no currículo de Taylor Swift

Calvin Harris, suspeito de traição: próximo hit de Taylor Swift?

Calvin Harris bate boca com Zayn Malik para defender Taylor Swift

Harris mandou seu recado ao RadarOnline em seu perfil no Twiter. “Não terão um ‘final feliz’ todas as pessoas que eu processar por difamação por causa de todas essas histórias mentirosas. Tchau, tchau”, escreveu o DJ, fazendo uma referência à conotação sexual que a massagem tailandesa ganhou no Ocidente. Apesar de ser uma técnica de relaxamento real, a prática acabou ganhando um sentido distorcido por levar ao sexo (chamado de “happy ending”, ou final feliz, em inglês), quando feita por garotas de programa em casas de massagem.

Taylor e Harris estão juntos há aproximadamente seis meses. Os dois foram vistos juntos diversas vezes, em shows e até mesmo no supermercado, antes de assumirem o romance publicamente, postando fotos um do outro em suas contas no Instagram.

Out of the Woods

“Olhando para ele agora / Tudo parece tão simples / Estávamos deitados no sofá / eu me lembro / Você tirou uma Polaroid de nós / Então descobriu / o resto do mundo era preto e branco / Mas estávamos em cores gritantes / E eu me lembro de pensar / Será que estamos fora de perigo ainda?”, diz um trecho do single Out of the Woods, do novo álbum da cantora, 1989, dedicado ao cantor Harry Styles, da banda One Direction. O namoro dos dois durou pouco mais de dois meses, entre outubro de 2012 e janeiro de 2013, o suficiente para inspirar a cantora.

https://youtube.com/watch?v=Jb2stN7kH28%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Our Song

“Ele tinha uma mão no volante/ E a outra em meu coração/ Olhei em volta, desliguei o rádio/ Ele disse ‘Baby, há algo errado?’/ Eu disse ‘Nada, estava só pensando como nós não temos uma canção’”. Primeira música dedicada a um ex-namorado, não se sabe qual, da cantora, antes da fama.

https://youtube.com/watch?v=SOxBnyh9EIc

Should’Ve Said No

“Você devia ter dito ‘não’, ido pra casa/ Devia ter pensado duas vezes antes de botar tudo a perder/ Devia ter recusado, mas o que fez com ela/ Chegou aos meus ouvidos.” Pela primeira vez, Taylor transforma o término de um relacionamento conturbado em sucesso. A música foi dedicada a um ex-namorado do colegial que a traiu.

https://youtube.com/watch?v=yCMqcFAigRg%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Continua após a publicidade

Picture to Burn

“Eu odeio essa estúpida caminhonete velha/ Que você nunca me deixa dirigir/ Você é um caipira, destruidor de corações/ Que é realmente um péssimo mentiroso.” O caipira não chegou a ser namorado de Taylor Swift, mas arrogância do rapaz, com quem ela saiu algumas vezes, serviu de inspiração para a letra virulenta.

Forever and Always

“E eu olho para o telefone/ Ele ainda não ligou/ E você se sente tão fraca, que não consegue sentir mais nada/ E você relembra quando ele falou/ ‘Para sempre e sempre’.” Dedicada ao músico Joe Jonas, dos Jonas Brothers, que terminou o namoro pelo telefone. A primeira canção dedicada a um ex-namorado famoso.

Dear John

“Bem, talvez a culpa seja minha e de meu otimismo cego/ Talvez você e sua necessidade doentia de dar amor e tirar depois/ E você vai adicionar o meu nome a sua longa lista de traidores/ E eu vou olhar para trás e lamentar como eu ignorei quando diziam ‘Corra o mais rápido que puder’.” Pelo nome não há como esconder que a música foi dedicada ao cantor John Mayer e ao tratamento que ele dava à sua ex-namorada. Em entrevista à revista americana Rolling Stone, Mayer contou que se sentiu humilhado com a canção.

https://youtube.com/watch?v=nN6VR92V70M%3Ffeature%3Dplayer_embedded

The Story of Us

“Agora estou sozinha em uma sala lotada/ E não estamos nos falando/ E eu estou morrendo de vontade de saber: isso mata você de alguma forma, como mata a mim?/ Eu não sei o que dizer sobre a reviravolta do destino quando tudo se quebrou/ E nossa história se parece com uma tragédia agora.” Outra música dedicada ao conturbado fim de namoro com John Mayer.

https://youtube.com/watch?v=QUwxKWT6m7U%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Back to December

“Desejava ter percebido o que tinha quando você era meu/ Eu volto para dezembro, mudo tudo/ E faço tudo certo/ Eu volto para dezembro toda hora.” Dedicada ao ator Taylor Lautner. A cantora, arrependida, admite ser a culpada pelo fim do namoro.

https://youtube.com/watch?v=WA4iX5D9Z64%3Ffeature%3Dplayer_embedded

We Are Never Ever Getting Back Together

“Eu digo que odeio você, terminamos, você me liga, eu amo você/ Você voltou atrás mais uma vez na noite passada/ Mas, desta vez, estou lhe dizendo/ Nós nunca, nunca, nunca vamos voltar.” Apesar de Taylor Swift nunca ter confirmado, os fãs da cantora insistem que a música foi feita para o seu namorado no final de 2012, o ator Jake Gyllenhaal.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade