Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Bruno Gagliasso rebate críticas por adotar menina na África

E ele ainda recebeu para isso: texto está em comercial de operadora de telefonia que ele gravou nesta terça-feira

Por Da redação Atualizado em 3 ago 2016, 11h31 - Publicado em 3 ago 2016, 11h30

Bruno Gagliasso é a nova estrela daquela campanha de uma operadora de telefonia que coloca famosos diante de “questões” da sua vida — Júnior, irmão de Sandy, lembrou a fama de gay que sempre o circundou e Daniela Cicarelli falou sobre ter tido um casamento-relâmpago com Ronaldo Fenômeno. Já o ator da Globo terá a chance de rebater as críticas que vem recebendo por adotar uma menina na África. E ainda vai receber por isso.

LEIA TAMBÉM:
Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank adotam garota africana
Bruno Gagliasso vai interpretar transexual em ‘Supermax’

“Adotou porque está na moda”, “Pai tem que ser sangue do mesmo sangue” e “Com tanta criança precisando no Brasil, porque adotou uma lá na África?” são algumas das críticas citadas por Gagliasso no texto do comercial, gravado nesta terça-feira, em São Paulo. Ao final, ele dará a sua resposta, na forma de slogan: “Rótulos não definem o que é ser pai. O que define um pai é o AMOR.  Fazer um dia dos pais sem rótulos. Tá nas suas mãos.”

Há cerca de um mês, Bruno Gagliasso e a mulher, a atriz Giovanna Ewbank, seguiram a linha Angelina Jolie e Brad Pitt e adotaram uma criança africana. A pequena Titi, 3, que nasceu no Malawi, já está com sua nova família no Brasil. 

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade