Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Broadway tem sua 1ª apresentação após ficar fechada por um ano

Para além dos palcos, Estados Unidos retoma atividades culturais com plateia formada por pessoas testadas ou vacinadas

Por Marcelo Canquerino Atualizado em 8 abr 2021, 15h25 - Publicado em 8 abr 2021, 10h40

Pela primeira vez após mais de um ano fechado, por causa da pandemia, o teatro St. James Theatre, da Broadway, em Nova York, abriu as portas para receber uma apresentação de Nathan Lane e Savion Glover, vencedores do Tony Awards, o “Oscar” do teatro. A ação é parte da lenta reabertura das atividades culturais nos Estados Unidos que, avançados na vacinação da população, começam a retomar uma vida próxima do antigo normal. O espetáculo deu início a um programa de testes que servirá como modelo para outros teatros da Broadway reabrirem com segurança. 

As poltronas do local, que possui capacidade para 1.710 pessoas, estavam ocupadas apenas por 150 convidados, que usavam máscaras. A plateia, composta exclusivamente por trabalhadores da linha de frente, foi testada antes do show ou apresentou o comprovante de vacina com mais de 14 dias. Enquanto Lane apresentou um monólogo chamado Playbills, sobre um homem que passou um ano preso em casa e ansiava ir ao teatro, Glover fez uma retrospectiva improvisada de sapateado de números da Broadway como I Hope I Get it, Memory e Black and Blue

Outros locais ensaiam a reabertura para as atividades culturais. Recentemente, o Shed, centro de artes de Manhattan, abriu suas portas para sediar o show da artista Kelsey Lu, que contou com 150 espectadores. O local foi um dos poucos grandes espaços que teve autorização do governo nova-iorquino para reabrir a partir de 2 de abril, com capacidade limitada a 33%. 

  • Já na Califórnia, o governo divulgou novas diretrizes para a retomada de eventos no estado. A partir de 15 abril, a região poderá sediar shows ao vivo, contanto que siga alguns requisitos como possíveis restrições de público, venda de ingressos antecipados, área destinada exclusivamente para alimentação e acesso limitado apenas a californianos.  

    Voltando a Nova York, a peça Ensaio Sobre a Cegueira, baseada no livro homônimo de José Saramago, estreou presencialmente no teatro Off-Broadway Daryl Roth, em 2 de abril. O espetáculo, que não possui atores, é baseado apenas em luz e som. Os espectadores utilizam um fone de ouvido e escutam a história, narrada por Juliet Stevenson. 

    A reabertura das atividades culturais ainda varia dependendo da região. Desde março deste ano o país tem feito algumas experimentações, como no caso da cantora Brandi Carlile, que fez uma apresentação ao vivo no Auditório Ryman, em Nashville, apenas para pessoas imunizadas. No universo do audiovisual, a ida ao cinema está voltando a ser comum para os americanos. Mais de 50% dos cinemas do país reabriram, mas muitos ainda estão funcionando com capacidade reduzida, principalmente em Nova York e Los Angeles. 

    Continua após a publicidade
    Publicidade