Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Britney Spears diz ser pressionada para fazer clipe ‘sexy’

Em entrevista para um programa de rádio, a cantora falou que cortou metade das cenas mais sensuais do vídeo de ‘Work Bitch’ porque ela é mãe, mas foi forçada a sensualizar, afirmação que empresário e pai da cantora negam

Por Da Redação 3 out 2013, 18h06

Britney Spears está cansada de aparecer trajando roupas sexy e fazendo malabarismos com o corpo para seduzir os espectadores de seus videoclipes. Em entrevista ao programa The TJ Show, da rádio americana AMP 103.3, nesta quinta-feira, Britney afirmou que as gravações do clipe de Work B**ch, lançado nessa quarta, incluíam cenas ousadas, que foram eliminadas na sala de edição por ela.

Leia também:

Dueto de Britney e Miley vaza na internet; escute

“Oh, meu Deus, nós mostramos muito mais pele e fizemos muito mais coisas para o vídeo do que aquilo que foi divulgado. Eu cortei metade do clipe porque sou mãe e é muito difícil ser uma mãe sexy e cantora pop”, disse ela, que é mãe de Sean Preston Federline, de 8 anos, e de Jayden James Federline, 7, do relacionamento com o dançarino Kevin Federline. Questionada pelo locutor TJ Taormina se ela se sentia pressionada a ir além do que gostaria nessas gravações, ela afirmou que sim.

Mas, pouco tempo após a entrevista, Jamie Spears, o pai da cantora, e Larry Rudolph, seu empresário, recorreram ao site TMZ para se defender. “Britney nunca foi pressionada a nada. Ela revisa toda a parte criativa dos clipes e em Work B**ch ela cortou e atenuou trechos para encontrar o equilíbrio entre ser sexy e ser mãe”, afirmou a dupla.

O clipe dos sonhos – Taormina também perguntou a Britney como ela gostaria de fazer um clipe. “Há muito sexo envolvido no que faço. Às vezes, eu gostaria de voltar aos dias em que só usava uma roupa o vídeo inteiro e dançava sem fazer cenas sensuais”, disse a cantora. “A dança e a realidade têm que ter destaque. Adoraria fazer um vídeo assim.”

O desejo de Britney, no entanto, parece distante da realidade, como mostra o clipe de Work B**tch, divulgado nesta quarta-feira. Além de aparecer dançando sensualmente, a cantora encarna uma espécie de Christian Grey, o galã sado do romance erótico Cinquenta Tons de Cinza, com direito a chicote na mão e cara de má. A canção é o primeiro single de seu oitavo disco de estúdio, previsto para chegar às lojas em novembro.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)