Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Britney Spears desabafa sobre tutela: ‘Parei de acreditar em Deus’

Cantora revelou que perdeu a fé e desenvolveu um medo da indústria musical após ser submetida ao controle do pai por treze anos

Por Amanda Capuano 28 dez 2021, 17h52

A cantora Britney Spears usou as redes sociais para falar sobre a experiência vivendo sob o controle do pai por 13 anos, e disse que desenvolveu um medo da indústria musical ao mesmo tempo que teve sua fé religiosa abalada. “Passei por situações que me fizeram deixar de acreditar em Deus. Por todos os ângulos, eu estava sendo machucada e era a minha família quem me feria”, disse.

Livre da tutela desde novembro, a cantora costuma usar as redes para se comunicar com os fãs e não esconde que o controle familiar, que a impedia de desfrutar com liberdade da própria carreira e finanças ou tomar decisões pessoais, deixou marcas em seu vida. Na postagem, afirmou ter desenvolvido medo das pessoas e da indústria musical, o que minou seu desejo de cantar e compor. “As pessoas não sabem das situações terríveis pelas quais eu passei. Por isso pode parecer estranho que eu não esteja mais trabalhando. Mas estou muito machucada”, conta.

Britney ainda explica que a decisão de não cantar suas próprias músicas foi uma forma de atingir os familiares. “Deixar de fazer minha música era como falar um f**** a eles. Mas, inconscientemente, deixei que eles vencessem”, disse ela, antes de afirmar que pretende superar estes traumas no próximo ano. “Quero me forçar um pouco mais a fazer aquilo que me assusta”

View this post on Instagram

A post shared by Britney Spears (@britneyspears)

Desde que Britney assumiu o controle da própria carreira, os questionamentos sobre seu retorno aos palcos começaram a pipocar na internet. Pouco antes do Natal, ela compartilhou no Instagram que está trabalhando em novas composições, mas não há detalhes sobre os próximos passos.

Continua após a publicidade

Publicidade