Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil é representado por três filmes no Festival de Veneza

'Boi Neon', 'Mate-me Por Favor' e 'Tarântula' integram a mostra competitiva paralela 'Horizonte', que reconhece as últimas tendências e estéticas do cinema internacional

Por Da Redação 29 jul 2015, 18h43

O Brasil será representado por dois longas e um curta-metragem na 72ª edição do Festival de Cinema de Veneza, que acontece na cidade italiana entre 2 e 12 de setembro. Boi Neon, do diretor pernambucano Gabriel Mascaro, Mate-me Por Favor, da carioca Anita Rocha da Silveira, e o curta Tarântula, dos paranaenses Aly Muritiba e Marja Calafanje, estão entre os selecionados para a mostra competitiva paralela Horizonte, que reconhece as últimas tendências e estéticas do cinema internacional.

Leia também:

Filme sueco ganha o Leão de Ouro no Festival de Veneza

Na competição principal, 21 longas concorrem ao Leão de Ouro, entre eles um remake italiano do thriller francês La Piscine (1968), intitulado A Bigger Splash, de Luca Guadagnino. Com os atores Ralph Fiennes, Tilda Swinton, Dakota Johnson e Matthias Schoenaerts no elenco, o filme está entre os mais cotados do festival. Três outros filmes italianos vão competir – é a primeira vez desde 2009 que a península vai apresentar tantos filmes no Lido, provando mais uma vez a vitalidade do cinema italiano, que também foi bem representado no último Festival de Cannes, com três filmes.

Presidido pelo diretor mexicano Alfonso Cuaron, o júri desta edição do Festival de Veneza inclui o escritor e roteirista francês Emmanuel Carrère, a atriz alemã Diane Kruger e o diretor taiwanês Hou Hsiao-hsien.

A seguir, a lista dos 21 competidores ao Leão de Ouro:

Abluka de Emin Alper (Turquia-França-Catar)

Heart of a Dog de Laurie Anderson (EUA)

Sangue del Mio Sangue de Marco Bellocchio (Itália-França-Suíça)

Looking for Grace de Sue Brooks (Austrália)

Equals de Drake Doremus (EUA)

Remember de Atom Egoyan (Canadá-Alemanha)

Beasts of No Nation de Cary Fukunaga (EUA)

Per Amor Vostro de Giuseppe M. Gaudino (Itália-França)

Continua após a publicidade

Marguerite de Xavier Giannoli (França-Bélgica-República Checa)

Rabin, the Last Day d’Amos Gitaï (Israel-França)

A Bigger Splash de Luca Guadagnino (Itália-França)

The Endless River de Oliver Hermanus (África do Sul-França)

The Danish Girl de Tom Hooper (GB-EUA)

Anomalisa de Charlie Kaufman et Duke Johnson (EUA)

L’attesa de Piero Messina (Itália-França)

11 Minut de Jerzy Skolimowski (Polônia-Irlanda)

Francofonia de Aleksandr Sokurov (França-Alemanha-Holanda)

El Clan de Pablo Trapero (Argentina-Espanha)

Desde Allà de Lorenzo Vigas (Venezuela-México)

L’hermine de Christian Vincent (França)

Behemoth de Zhao Liang (China-França)

(Da redação com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade