Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Black Eyed Peas encerra 1º noite do SWU com coleção de hits

Banda mostrou por duas horas o melhor da sua música descartável, que mais parece jingle publicitário

Por Da Redação 13 nov 2011, 08h36

O grupo americano The Black Eyed Peas encerrou a primeira noite de shows do festival SWU Music & Arts arrancando a reação mais calorosa da plateia. É bem verdade que, musicalmente, a banda liderada pelo vocalista Will.i.am faz uma mistura de jingle publicitário, toque para celular e bate-estaca de academia. O que de certa forma facilita a fruição do grande público, que respondeu com mãos para o alto e coros cantados com força.

Por duas horas, a banda apresentou um show repleto de sucessos radiofônicos, como Don’t Stop The Party, Don’t Phunk With My Heart, Pump It e I Gotta Feeling, além de números solo da cantora Fergie, uma atração à parte no show do grupo, metade graças à sua voz (obviamente com apoio de bases pré-gravadas), metade por seu apelo sexual, usado à exaustão nas coreografias e performances.

Talhado para grandes multidões, o show do Black Eyed Peas – que já passou outras quatro vezes pelo Brasil, em diversas capitais – é um suplício para quem busca algo que mão seja apenas entretenimento. Para as milhares de pessoas na platéia, fazendo coração de mãozinha e excitadas com as loas da banda à bandeira do Brasil, foram duas horas de boate a ceu aberto.

Balanço — Segundo a produção do evento, cerca de 60 mil pessoas estiveram presentes ao longo das 15 horas de show, entre dois palcos principais, um de menor porte e a tenda eletrônica.

Continua após a publicidade
Publicidade