Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘BBB15’: Álcool, DRs, agressões físicas e juras de amor

Não podia ser diferente: as festas do reality show dão o que falar. Ou melhor, dão o que assistir. Em uma onda de tapas e beijos, o elenco da casa mostrou, novamente, a que veio

Por Amábile Reis 31 jan 2015, 14h44

Quando o álcool sobe à cabeça, baixa o nível no Big Brother Brasil. Não foi diferente na Festa Ruínas do Templo, na noite desta sexta-feira, marcada pela quase expulsão de Douglas do reality show, que tentou agredir os colegas que queriam ajudá-lo, pelo pedido de casamento a Aline feito por Fernando, que ainda disse um grandioso “Eu te amo”, pela luta contínua de Amanda pelo coração do carioca; e pela discussão por ciúmes entre Rafael e Talita.

Leia também:

A ‘plebeia’, a britadeira e a moita: as novas ‘sisters’ do ‘BBB15’

O placar do sexo no ‘BBB15’: 4 x 1 para Rafael e Talita

Rali do sexo no ‘BBB’: Fernando e Aline vão para o lelelê

‘Raciocínio, não tenho’ e outras pérolas do 9º dia do ‘BBB’

Continua após a publicidade

‘BBB15’ tem esfirra, sexo e pílula do dia seguinte

Fernando, o lobo travestido de príncipe do ‘BBB15’

Segundo o regulamento do programa da Globo, agressões físicas são motivo para a desclassificação de um concorrente do BBB. Alcoolizado, porém, Douglas deu uma banana para as regras e incorporou o espírito do lutador Rocky Balboa. Bêbado chato, ele havia sido retirado da festa pelos amigos Luan, Rafael e Talita, a força-tarefa, que optaram por levá-lo para o quarto, onde a confusão começou… O paulista não estava a fim de descansar e decidiu desferir murros nos amigos, a troco de absolutamente nada. Douglas depois se acalmou, mas o clima permaneceu pesado.

Entretanto, não foi isso que estragou a festa de Rafael. Um ataque de ciúmes de Talita, que achou que o amado estava dançando sensualmente com Amanda (sempre ela), que ia até o chão sem o menor pudor, levou o casal 20 a uma discussão prolongada a cansativa. Nem o bigodinho de Rafael — que desde quinta-feira parece um ator pornô dos anos 1970 ou um integrante do Village People — tranquilizou a aeromoça, que só se rendeu ao ex-jogador tarde da noite, para uma nova sessão de amassos diante das câmeras.

E Amanda, como sempre, só pensava em Fernando. A paulista, que faz valer o bordão de que brasileiro não desiste nunca, tentou de tudo durante o baile: rebolou até o chão, jogou o cabelo e fez simpatia para pegar o produtor cultural. Primeiro, ela esfregou um copo nos seios, depois assoprou o seu interior e, por fim, o deu ao carioca. A receita, segundo disse a Angel, iria fazer com que ele voltasse a se apaixonar por ela.

Aparentemente, o truque não deu certo. Enquanto Amanda maquinava formas de reconquistar o carioca, Fernando a descrevia para os colegas como uma pessoa que polui o ambiente. O único feitiço que funcionou com Fernando foram os encantos de Aline. A mineira comeu quieta e pelas beiradas, mas, de fato, levou a melhor na disputa com a paulista. No meio da festividade, o voluntário do Afroreggae disse, em alto e bom som, um enorme “Eu te amo” a loira. Para provar todo o seu amor, tomou coragem (ou melhor, cerveja) e perguntou: “Você quer se casar comigo?”. Sua princesinha, como a apelidou, não disse nem que sim e nem que não. Quem sabe, semana que vem, a resposta aparece. Pelo menos enquanto o BBB15 durar, o grande jogador Fernando vai ser o mais apaixonado e fiel dos homens.

Continua após a publicidade
Publicidade