Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Banksy tem obra vandalizada em sua cidade natal

24 horas após ter sido feito, novo grafite do artista recebeu jato de tinta preta

Por Da Redação 22 out 2014, 15h46

O novo grafite de Banksy foi vandalizado nesta terça-feira, dia 21, com um jato de tinta preta. O incidente aconteceu em Bristol, na Inglaterra, cidade natal do do artista, apenas 24 horas após o grafite ser feito. A pintura de Banksy faz uma paródia da tela Moça com Brinco de Pérola, de 1667, do holandês Johannes Vermeer (1632-1675). Banksy usou uma caixa de alarme como brinco e intitulou sua versão de Girl with a Pierced Eardrum (algo como garota com o tímpano perfurado, em português).

Leia também:

Banksy assume autoria de grafite em muro na Inglaterra

Ingleses apagam grafite de Banksy tachado de racista

Muro com grafite de Banksy é vendido e será removido

É a segunda vez que uma pintura de Banksy é vítima de vandalismo. Um grafite em um mural em Kent, na Inglaterra, chamado Art Buff (algo como ‘aficionado por arte’ ou ‘vazio artístico’, em português), em que uma senhora com fones de ouvido contemplava um pedestal vazio, recebeu uma genitália indevida.

Dias antes, um grafite do artista foi removido de um muro da cidade de Clacton-on-Sea, também na Inglaterra, por um aparente mal-entendido: foi considerado ofensivo e racista. Mas, ao contrário, o garifte fazia justamente uma crítica ao racismo e a políticas anti-imigração. A sátira consistia de cinco grandes pombas cinzentas “intimidando” um passarinho colorido com cartazes com frases como “volte para a África” e “imigrantes não são bem-vindos”.

Continua após a publicidade
Publicidade