Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Banksy assume autoria de grafite em muro de prisão inglesa

Pintura foi descoberta em 1º de março e retrata prisioneiro fugindo do cárcere, em cena que pode ser homenagem ao escritor irlandês Oscar Wilde

Por Amanda Capuano Atualizado em 4 mar 2021, 16h15 - Publicado em 4 mar 2021, 16h09

Em um vídeo no seu perfil no Instagram, o artista de rua Banksy, que mantém sua identidade em segredo, assumiu a autoria de um grafite visto pela primeira vez no dia 1º de março no muro do presídio HM Reading, no sul da Inglaterra.

A obra, que recebeu o nome de Create Escape, retrata um prisioneiro que usa uma corda de lençóis amarrados para pular o muro da prisão. Ao final da corda, os lençóis desembocam em uma máquina de escrever – instrumento que pode ser uma referência ao escritor irlandês Oscar Wilde, preso no local em 1895 por ser homossexual.

Antes mesmo de Banksy reivindicar a autoria, o local virou ponto turístico pela suspeita de que esta seria a mais nova pintura do artista misterioso. No vídeo comentado pelo americano Bob Ross – que faz sucesso na televisão britânica com tutoriais criativos, – Banksy aparece escondido nas sombras enquanto pinta o grafite durante a madrugada. Ao final, é possível ver a reação dos policiais que encontram o desenho no muro, e a narração do artista – que assiste a tudo escondido do outro lado da rua.

Confira:

View this post on Instagram

A post shared by Banksy (@banksy)

 

Continua após a publicidade
Publicidade