Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Banda Malta anuncia saída do vocalista Bruno Boncini

Músico vai seguir carreira solo e o grupo deve continuar, com outra pessoa nos vocais

Por Da Redação 2 jun 2016, 22h07

A banda Malta, vencedora da primeira temporada do reality show da Globo SuperStar, em 2014, anunciou nesta quinta-feira em sua página no Facebook que o vocalista, Bruno Boncini, vai sair do grupo para se dedicar à carreira solo. “Aos fãs que nos acompanham a cada música, álbum, e turnê pelo Brasil, aos amigos que compartilham este sonho conosco trazendo inspiração, enviando mensagens pelas redes sociais e dedicando parte da sua vida à Malta e aos muitos fãs que ainda virão, queremos informar que o vocalista Bruno Boncini está se desligando da Malta”, diz o texto.

Leia também:

Dupla Lucas e Orelha vence a edição 2015 do ‘SuperStar’

Vencedora do ‘SuperStar’, banda Malta ganha disco de ouro

Continua após a publicidade

O grupo afirma que vai continuar trabalhando com outro vocalista. “Este não é o fim, mas sim o inicio de um novo ciclo, tanto para o Bruno Boncini, que seguirá em carreira solo, quanto para Adriano Daga, Diego Lopes e Thor Moraes, que darão continuidade ao trabalho da banda com um novo vocalista.”

A banda garante que vai cumprir a agenda de shows que já está marcada com Boncini e que as apresentações vão servir como uma turnê de despedida da formação atual, até o dia 25 de setembro. “Não queremos deixar espaços para especulações, esta decisão foi muito pensada e tomada em conjunto. (…)Hoje, encerramos apenas um capitulo de nossas histórias, que continuarão a serem escritas.”

História – A Malta começou em setembro de 2013 e ainda estava tentando se encontrar quando se deparou com o que seria o primeiro desafio da carreira, o reality SuperStar, da Globo. A banda foi a primeira aprovada nas audições – a segunda a tocar – e precisou de 80 segundos dos 120 disponíveis para atingir 70% de aprovação e levantar o telão com a composição Memórias. A recompensa veio nas semanas seguintes, quando o grupo se firmou como um dos favoritos.

Na semifinal, eles precisaram apenas dos 38 segundos iniciais para garantir a vaga na decisão. Era a primeira vez que a Malta tocava um cover (I Don’t Want to Miss a Thing, do Aerosmith), e, mesmo assim, a plateia ficou de pé desde os primeiros acordes. Na final, atingiram o índice de 74% com a música que dá o título ao disco e superou com folga a banda Jamz.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Publicidade