Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Avenida Brasil’: Depois da família Tufão, a família Lixão

Com revólver em punho, Max surta e consegue reunir os pais e a mulher no barraco de Lucinda

Por Da Redação 10 out 2012, 22h18

A família Lixão pode não ser tão feliz quanto o clã Tufão, mas ainda assim são parentes, apesar de não parecer. No capítulo desta quarta-feira, Max (Marcello Novaes) conseguiu reunir Lucinda (Vera Holtz) e Nilo (José de Abreu), seus pais, e Carminha no barraco da mãe do lixão, algo inédito na trama de João Emanuel Carneiro.

ENQUETE: Quem mais merece uma surra em ‘Avenida Brasil’?

O encontro, porém, passou longe do sentimento de união. Sob a mira do revólver, Max forçou um clima familiar. “Eu quero morar com meus filhos aqui nessa casa, com os avós deles”, disse, bastante alterado.

Entre ordens para que Lucinda limpasse o barraco e preparasse a comida, Max destruiu o lugar e ameaçou matar Carminha. A vilã implorou para o comparsa largar a arma, o que o estimulava a tornar o ambiente ainda mais agressivo. “A vida toda você mandou em mim”, disse, amargurado.

No fim do capítulo, Nina apareceu para tentar salvar todos da mira do revólver de Max. “Agora chegou quem faltava”, disse o malandro com a pistola apontada para o rosto de Nina.

A cena é o prelúdio para a morte de Max, prevista para ir ao ar nesta quinta-feira. O comparsa de Carminha vai ser assassinado com um golpe de enxada na cabeça e a autoria do crime vai ser um dos grandes segredos a ser revelados no úlitmo capítulo.

Continua após a publicidade
Publicidade