Clique e assine a partir de 8,90/mês

As 10 músicas mais tocadas de Elis Regina hoje

Levantamento do Ecad aponta quais canções interpretadas pela cantora foram as mais populares entre 2010 e 2014

Por Da Redação - 17 mar 2015, 22h17

A cantora Elis Regina faria 70 anos nesta terça-feira. Para celebrar o aniversário da Pimentinha, o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) levantou as dez músicas interpretadas por ela que mais foram tocadas em rádios e casas de festas entre 2010 e 2014. A voz da cantora está registrada em mais de 500 canções no banco de dados da associação. Entre as músicas que continuam em alta estão Alô, Alô, Marciano, O Bêbado e a Equilibrista e, a mais tocada, Como Nossos Pais.

Leia também:

Biografia e site marcam 70 anos de Elis Regina

Pimenta ardida: nova biografia de Elis traz informações desconhecidas até para os filhos

‘Como Nossos Pais’

Composta por Belchior, Como Nossos Pais foi a música interpretada por Elis Regina que mais tocou entre 2010 e 2014 em rádios, casas de festas e casas de diversão. O vídeo acima registra a apresentação transmitida em 1976 pelo Fantástico. À época, a Pimentinha estava havia um ano sem aparecer na televisão. 

https://youtube.com/watch?v=eP7p1TbhyGI

‘O Bêbado e a Equilibrista’

João Bosco e Aldir Blanc são os compositores da música em homenagem a Charlie Chaplin, morto em 1977, dois anos antes do lançamento da canção. Mas, lançada em plena ditadura militar, a composição também ganhou contornos políticos. Chegou a ser conhecida como “Hino da Anistia”, pedindo a “volta do irmão do Henfil”: na época, o irmão do cartunista, o sociólogo Hebert José de Sousa, o Betinho, estava exilado no México.

https://youtube.com/watch?v=srfP2JlH6ls

‘Águas de Março’

Lançada por Tom Jobim no compacto Disco de Bolso, o Tom de Jobim e o Tal de João Bosco, em 1972, a música integrou mais tarde o álbum Matita Perê, lançado no mesmo ano pelo músico. Em 1974, Tom e Elis Regina gravaram o LP Elis & Tom, com a versão definitiva da canção. 

‘Alô, Alô, Marciano’

Rita Lee e Roberto Carvalho são os criadores da música que foi gravada por Elis em 1980, para o álbum Saudades do Brasil. Inicialmente rivais – Elis achava o trabalho de Rita Lee “americanizado demais” –, as cantoras deixaram a rixa de lado em 1976, quando Rita foi presa por posse de maconha e Elis foi a única a visitá-la na cadeia.

Continua após a publicidade

‘Casa no Campo’

Composta por Zé Rodrix e Tavito, a música foi gravada por Elis em 1972, para o álbum Elis

‘Fascinação’

Criada originalmente em 1905 pelo italiano Fermo Dante Marchetti, com letra do francês Maurice de Féraudy, a música ganhou uma versão em português na década de 1940, por obra do carioca Armando Louzada. Em 1976, Elis Regina deu sua voz à canção e a registrou no álbum Falso Brilhante

‘Madalena’

Em 1979, Elis encantou a plateia do Festival de Jazz de Montreux. No vídeo, ela canta Madalena, composta por Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza em 1970. 

‘Aprendendo a Jogar’

A levada pop rock da canção criada por Guilherme Arantes foge um pouco da linha musical de Elis, mas foi um de seus maiores sucessos. Em busca de um hit, Elis telefonou para Arantes e recebeu, poucos dias depois, a letra de Aprendendo a Jogar. A música foi gravada em 1980, para o disco Elis

https://youtube.com/watch?v=lpEAQg6LEtg

‘Tiro ao Álvaro’

Elis regravou o samba paulista de Adoniran Barbosa e Oswaldo Molles de 1960. A música integrou o álbum Elis, de 1980.

https://youtube.com/watch?v=QuJ-U5fD83Y

‘Romaria’

Espécie de hino da música caipira, a canção composta por Renato Teixeira e gravada por Elis em 1977 fecha o ranking do Ecad como a 10.ª música mais tocada.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade