Clique e assine com até 92% de desconto

Após entrevistar presidiários, Gugu vai focar em jornalismo na Record

Segunda temporada do programa será dirigida por um núcleo de jornalistas, sob a supervisão do vice-presidente de jornalismo do canal, Douglas Tavolaro

Por Da Redação 27 mar 2015, 15h43

As entrevistas com Suzane von Richthofen e com o goleiro Bruno, presidiários conhecidos do público, renderam repercussão ao programa de Gugu Liberato na Record. E a segunda temporada da atração, confirmada nesta sexta-feira pela emissora, vai focar no jornalismo. “Por decisão da área artística, o programa Gugu, a partir de agora, também vai intensificar o conteúdo e a interação com o jornalismo”, diz comunicado enviado nesta sexta à imprensa.

Leia também:

‘Tá no Ar’ faz paródia de entrevista de Suzane a Gugu

O retorno de Xuxa e Gugu: um reforço à mesmice dos programas de auditório

O programa deixará de ser dirigido por Vildomar Batista, que ficará “à disposição da emissora para outros projetos”, e passa a ser responsabilidade de núcleo composto pelos jornalistas Virgilio Abranches, diretor do Domingo Show, Rafael Perantunes, diretor executivo do Domingo Show, Givanildo Menezes, diretor de Jornalismo da Record-RJ, e Cláudia Aied, diretora do Balanço Geral SP, sob a supervisão do vice-presidente de jornalismo, Douglas Tavolaro.

A atração continuará a ser feita pela Record em parceria com a GGP, produtora de Gugu. A versão brasileira do reality show Power Couple, que entraria na grade da emissora no lugar do programa de Gugu, foi adiada para dar lugar já à segunda temporada da atração.

O programa Gugu estreou no final de fevereiro com a entrevista que o apresentador fez com Suzane von Richthofen, condenada pelo assassinato dos pais em crime ocorrido em 2002. A reportagem, exibida em dois dias, alavancou a audiência do programa, que marcou 17 pontos de média no primeiro dia e 11 pontos no segundo.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade