Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após Dylan e outros, Paul Simon vende suas músicas por valor milionário

Coleção tem mais de 400 composições, incluindo sucessos como 'The Sound of Silence' e 'Bridge Over Troubled Water'; valor da transação não foi revelado

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 1 abr 2021, 10h55 - Publicado em 1 abr 2021, 10h32

Um dos mais bem-sucedidos compositores americanos, Paul Simon, de 79 anos, vendeu todo o seu catálogo musical para a Sony Music Publishing. A negociação envolveu cerca de 400 composições, incluindo sucessos como Bridge Over Troubled Water, The Sound of Silence, Still Crazy After All These Years e Mrs. Robinson, seguindo uma tendência de venda de catálogos musicais por nomes como Bob Dylan, Neil Young e Fleetwood Mac.

A Sony não revelou detalhes do negócio nem o valor da compra, mas estima-se que tenha ficado na casa das dezenas de milhões de dólares. Em comunicado, representantes da Sony disseram apenas que o catálogo inclui trabalhos de Simon & Garfunkel e também o material solo. A transação ocorre em sincronia com a aposentadoria de Simon dos palcos – em 2018, ele anunciou que não faria mais shows. Sobre a venda, o artista disse, também em comunicado, que ficou satisfeito em ter a empresa como “guardiã de minhas músicas nas próximas décadas”.

Até hoje, estima-se que a maior negociação envolvendo a compra de um catálogo musical tenha sido a de Bob Dylan, que vendeu todas as suas músicas, cerca de 600 composições, para a Universal Music Publishing Group por um valor estimado em 300 milhões de dólares.

Publicidade