Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Após crise de estresse, Zayn Malik deixa One Direction

Banda pop britânica afirma que continuará com apenas quatro integrantes e que prepara o quinto disco da carreira

Por Da Redação 25 mar 2015, 15h02

Zayn Malik, integrante do One Direction, está deixando a boyband britânica. O anúncio foi feito nesta quarta-feira na página oficial do grupo no Facebook. “Minha vida com o One Direction foi muito mais do que eu podia imaginar. Mas, após cinco anos, sinto que é o momento certo de deixar a banda”, diz um trecho do texto escrito por Malik. “Quero pedir perdão aos fãs que eu possa decepcionar, mas devo fazer o que acho certo.”

O comunicado surge pouco tempo depois de o cantor abandonar a turnê do grupo, alegando uma crise de estresse. Malik teria dificuldade em lidar com a fama e a falta de privacidade, motivos que o levaram a desistir da boyband. “Estou saindo, pois quero ter uma vida normal de um garoto de 22 anos, que pode relaxar e ter privacidade longe dos holofotes. Sei que ganhei quatro amigos para a vida.”

Leia também:

One Direction desbanca Taylor Swift da parada americana

One Direction lidera lista de jovens britânicos mais ricos

Harry Styles, do One Direction, inspira série de livros eróticos

Os integrantes restantes — Niall Horan, Liam Payne, Harry Styles e Louis Tomlinson — devem dar continuidade à banda. “Estamos tristes pela saída de Zayn, mas respeitamos sua decisão”, diz o trecho escrito pelo grupo. Segundo eles, a turnê continuará e os quatro já estão trabalhando em um novo disco, o quinto da carreira.

Até Simon Cowell, responsável pela união da banda, criada durante o reality show The X Factor, em 2010, no Reino Unido, fez um comentário no comunicado. “Gostaria de agradecer a Zayn por tudo que ele fez pelo One Direction. Desde que nos conhecemos, o vi crescer muito e estou imensamente orgulhoso”, diz. Por fim, o produtor tenta acalmar o ânimo dos fãs, garantindo que o quarteto seguirá na ativa. Mas é fato que a saída de Zayn pode balançar as estruturas do grupo.

One Direction

Os garotos da boy band britânica One Direction ganharam um empurrãozinho do produtor Simon Cowell, jurado do programa The X-Factor, para dar continuidade à carreira depois de amargar o terceiro lugar no reality show. Com idades entre 18 e 20 anos, os cinco integrantes da banda estrearam em 2011 com a música pop What Makes You Beatiful e se tornaram um fenômeno mundial, vendendo mais de 50 milhões de discos no mundo. Agora, porém, o grupo dá os primeiros indícios de que, talvez, não tenha vida tão longa assim: um de seus integrantes, Zayn Malik, se afastou da turnê mundial da banda e, dias depois, anunciou sua saída definitiva do One Direction.

The Wanted

Continua após a publicidade

Os cinco meninos da banda The Wanted começaram a carreira no Reino Unido, em 2009. O primeiro álbum, que leva o nome do grupo, rendeu algum sucesso em casa, com singles nas paradas britânicas. Mas foi apenas com o segundo CD, Battleground, que os garotos, na faixa dos 20 anos, exportaram seu trabalho. A canção pop dançante Glad You Came se tornou o maior hit da boyband. Foi por causa dele que o grupo veio ao Brasil em 2011 para o Z Festival, mesmo evento em que se apresentou Justin Bieber. Desde março de 2014, no entanto, o grupo se encontra em um hiato e seus integrantes estão focados em carreiras solo. 

JLS

O grupo JLS — abreviação de Jack the Lad Swing — nasceu como UFO, em 2006, mas teve que mudar de nome ao entrar na 5ª edição do reality The X Factor, em 2008. A banda ficou em segundo lugar, assinou um contrato com a gravadora Epic e gravou quatro álbuns. O grupo anunciou seu fim em 2013, quando se despediu dos fãs com o disco Goodbye – The Greatest Hits, com seus maiores sucessos.

Big Time Rush

Seguindo o formato da Disney de produzir ídolos teen, a Nickelodeon lançou o programa de televisão Big Time Rush. Nele, os garotos Kendall, James, Carlos e Logan interpretavam jogadores de hockey selecionados para formar uma boyband. Como era esperado, a banda seguiu firme fora das telas e alcançou o 12º lugar da lista da Billboard com o lançamento do álbum Elevate (2011). Dois anos depois, porém, eles anunciaram que a banda entraria em um hiato por tempo indefinido.

fun.

A banda americana de pop-indie fun. estreou no mercado em 2009, com o álbum Aim and Ignite, mas só atingiu boas marcas com o segundo, Some Nights. Com o single We Are Young, no qual participa a cantora americana de R&B Janelle Monáe, o grupo, liderado pelo já experiente Nate Ruess, alcançou o topo da lista da Billboard e se tornou a primeira música a ultrapassar a marca de 300.000 downloads em seis semanas. Assim como The Wanted e Big Time Rush, o grupo se encontra em um hiato.

Il Volo

Fugindo do estilo galã adolescente, os garotos Gianluca Ginoble, Ignazio Borschetto e Piero Barone foram buscar na tradição musical italiana a inspiração para criar um trio de tenores e se apresentar com canções no estilo de ópera pop. Os três ficaram conhecidos depois de participar das audições do programa de talentos Ti Lascio una Canzone, do canal RAI. Durante a competição, foram escolhidos para cantar a música O Sole Mio, um clássico do folclore italiano famoso na voz de Luciano Pavarotti. A banda continua ativa, ainda que não tenha a mesma força que antes.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)