Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ao ter acesso às conversas do ‘BBB16’, Ana Paula chama Renan de “naja”

Vencedora do "paredão do bem", mineira se surpreendeu ao ver o modelo falando que convivência com ela era insuportável

Por Da Redação - 10 fev 2016, 08h23

Os participantes do BBB16 nem imaginam, mas Ana Paula continua no reality show e foi a última pessoa do confinamento a pegar no sono na madrugada desta quarta-feira. Desde terça-feira, quando venceu o “paredão do bem” e foi levada ao segundo andar da casa, a mineira tem aproveitado cada minuto de seu tempo para observar os colegas de jogo e analisar suas conversas. E ela já chegou a algumas conclusões. A principal delas é que Renan é “perigosíssimo”, pois mostrou quem realmente é ao comemorar a “saída” da sister. A jornalista chamou o moço de “naja” após ouvir comentários dele sobre ela, como ao classificá-la como “falsa” que “ficava atacando todo mundo o tempo todo”.

Na estratégia que começou a elaborar, porém, Ana Paula não pretende confrontar Renan tão cedo. “Vou deixar o mais antipático para o final”, disse ela, sozinha. Um paredão entre Munik e Juliana, porém, lhe pareceu uma boa ideia, pois a dançarina, segundo a percepção de Ana Paula, vai passar o maior vexame com o retorno da goiana. Geralda também entrou na mira da sister. “A Dona Geralda falou em público que eu voltava, e no jogo, que eu não voltava. Vamos ter que acertar o compasso. Gosto muito da senhora, mas vamos ter uma conversa séria”, disse a mineira para si mesma.

Leia também:

Adélia se sente ameaçada por Maria Claudia no ‘BBB16’

Samba, reza e cinema marcam Carnaval no ‘BBB16’

Geralda, muito mais do que um rostinho fofo no ‘BBB16’

Ana Paula e Ronan se enfrentam no paredão falso do ‘BBB16’

Outro fato que não escapou à sua percepção foram os comentários de Adélia e Juliana sobre Matheus e Cacau, os quais pretende relatar aos envolvidos assim que voltar ao convívio dos demais no andar de baixo. No entanto, engana-se quem pensa que a mineira vai soltar os cachorros em quem a criticou. Criteriosa e cuidadosa, Ana Paula não pretende abrir para todo mundo o que ouviu – e ainda vai ouvir – nesses dois dias. “Você pode falar só para Cacau, Matheus, Munik, Ronan e Tamiel o que viveu aqui. Não precisa falar com o resto. Não conversa com o resto”, aconselhou a si mesma.

Continua após a publicidade
Publicidade