Clique e assine a partir de 9,90/mês

Anitta lamenta morte de dançarino: ‘Matar ou morrer virou algo banal’

Rodrigo Motta, que aparece no clipe de 'Vai Malandra', foi morto na segunda-feira; caso está sendo investigado pela polícia

Por Redação - Atualizado em 10 dez 2019, 16h53 - Publicado em 10 dez 2019, 16h36

Anitta lamentou a morte do dançarino Rodrigo Motta, que participou do clipe da música Vai Malandra. A notícia do falecimento foi divulgada inicialmente por Marcio Motta, irmão do bailarino, pelo Instagram. A cantora, então, manifestou suas condolências à família no Twitter e pediu pelo fim da violência no Rio de Janeiro.

“Meus sentimentos à família e amigos do Rodrigo Motta que participou do meu clipe de Vai Malandra. Recebi essa notícia pela internet e fiquei estarrecida. Matar ou morrer virou algo banal no Rio de Janeiro. Isso tem que acabar.”, declarou a cantora.

Motta, que também era modelo e bartender no bairro do Vidigal, morreu nesta segunda-feira, 9. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, ainda não há informações oficiais sobre o ocorrido. Ao jornal Extra, um morador da região, que preferiu não se identificar, relatou uma briga envolvendo o dançarino na semana passada. Como retaliação, ele teria teria levado um tiro no pé e na perna, seguido de agressões. 

Continua após a publicidade
Publicidade