Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Amber processa amigo de Depp que a acusou de chantagem

Segundo o comediante Doug Stanhope, a ex-mulher do ator teria dito que espalharia mentiras caso ele não aceitasse a divisão de bens proposta por ela

Por Da Redação 3 jun 2016, 23h00

A atriz e modelo Amber Heard está processando o comediante Doug Stanhope, que no fim de semana divulgou um artigo no site The Wrap em que acusava a ex-mulher de Johnny Depp de estar chantageando o ator. O processo, disponibilizado no site da revista The Hollywood Reporter, acusa Stanhope de difamação, afirmando também que seu artigo a abalou emocionalmente e atrapalhou seus futuros negócios na indústria do cinema.

LEIA TAMBÉM:

Seguranças dizem que não viram agressão de Depp a Amber

Filha e ex-esposa saem em defesa de Johnny Depp

Cara Delevingne seria pivô de briga entre Johnny Depp e Amber Heard

Vício em álcool e drogas levou Johnny Depp à violência, acusa ex

O texto também volta a acusar Depp de violência doméstica contra Amber. “Depp bateu e chutou Amber em diversas ocasiões, jogou objetos nela e, em dado momento, a sufocou a ponto de fazê-la temer por sua vida”, diz o texto. O processo diz que o ator é viciado em álcool e drogas. “Esses episódios violentos aconteceram na maior parte das vezes quando Depp abusou essas substâncias. Seu vício em drogas e álcool aumentou dramaticamente nos últimos anos, assim como seu comportamento violento.”

Ao site, o advogado de Amber, Charles J. Harder, disse que, caso a modelo ganhe o processo, ela pretende doar o valor da indenização a um abrigo para pessoas vítimas de violência doméstica que fica no Estado americano do Arizona.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade