Clique e assine com até 92% de desconto

Afastada por tuíte racista, Roseanne Barr está ‘ansiosa’ para voltar à TV

Mesmo após escândalo, atriz afirmou que tem recebido propostas de emprego

Por Redação Atualizado em 2 jul 2018, 17h01 - Publicado em 2 jul 2018, 16h57

Rosaeanne Barr está ansiosa para retornar à TV. Demitida da série que levava seu nome após publicar comentários racistas sobre a ex-assessora de Barack Obama, Valerie Jarrett, no Twitter, a atriz afirmou que recebeu diversas propostas de emprego desde o episódio, e pode aceitar algumas delas.

“Dentro de todas as coisas ruins, tem uma boa esperando para acontecer, e eu estou bastante animada porque já recebi várias propostas”, contou a atriz em entrevista ao podcast do rabino Shmuley Boteach. “Eu quase aceitei uma oferta para voltar à televisão, provavelmente ainda aceite. Vamos ver.”

  • Em maio, Roseanne escreveu no Twitter: “Irmandade muçulmana & Planeta dos Macacos tiveram um bebê = VJ”. As letras são as iniciais da ex-assessora de Obama. Ela se desculpou mais tarde e tirou o tuíte do ar, mas não foi o suficiente para que a ABC mantivesse seu programa. Roseanne, a série, foi ao ar originalmente entre 1988 e 1997 e ganhou um revival entre março e maio, com boa recepção da audiência. A retomada atraiu milhões de espectadores nos Estados Unidos, e a produção se tornou uma das mais vistas da TV americana.

    Em dívida com o restante do elenco da série, a ABC retomará Roseanne sem a personagem principal, sob a alcunha The Conners.

    Indagada sobre o incidente pelo rabino, a atriz voltou a se desculpar: “Eu não quis dizer o que acham que eu disse, por isso é tão doloroso. Quando você ofende alguém, mesmo sem querer, não tem desculpa. Eu peço desculpas a todos os que ofendi e também àqueles que entenderam algo que eu não quis dizer, na minha ignorância”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade