Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Adriana Birolli, de ‘Fina Estampa’: a princesinha Patricia vai cair na real

Após ser enganada pelo namorado, personagem da atriz vai se tornar uma pessoa mais realista e combativa

Por Mariana Zylberkan
13 set 2011, 11h14

Os vestidinhos curtos e esvoaçantes saíram de cena para dar lugar às calças compridas, entre outras peças de um visual mais adulto. Assim como o figurino de Patricia (Adriana Birolli) tem perdido o estilo inocente e angelical, o mundo cor de rosa da filha de Tereza Cristina (Christiane Torloni) também irá se desnudar aos poucos nos próximos capítulos de Fina Estampa.

A descoberta da farsa por parte de Antenor (Caio Castro), o namorado que fingiu ter uma mãe chique para disfarçar a origem humilde, irá contribuir para uma virada na vida da patricinha. “Ela vai sair mais forte e determinada de toda aquela situação, certa de que não adianta sofrer por quem não merece”, explica a intérprete de Patricia.

Apesar do entorno romântico da personagem, a desilusão vai mostrar um lado nada meigo de Patricia. Nos capítulos que vão ao ar na próxima semana, Antenor e os colegas de faculdade vão tentar unir o casal novamente. A tentativa, porém, será em vão. “Patricia se torna uma pessoa traumatizada, para logo depois surgir como alguém desiludida com o amor, mas curiosamente mais forte e combativa.”

Resta saber se a nova faceta de Patrícia vai lembrar Isabel, a irmã maldosa de Luciana (Alinne Moraes) em Viver a Vida. “É encorajador saber que não fui colocada numa prateleira onde se lê ‘a irmã má e recalcada’.”

Continua após a publicidade
Caio Castro e Adriana Birolli em 'Fina Estampa'
Caio Castro e Adriana Birolli em ‘Fina Estampa’ (VEJA)

Confira abaixo uma rápida entrevista com a atriz Adriana Birolli.

Como é interpretar uma menina romântica e boazinha após viver a Isabel de Viver a Vida? É encorajador saber que não fui colocada numa prateleira onde se lê ” a irmã má e recalcada”. Serei eternamente grata ao Aguinaldo e ao Wolf por esta chance. Mas Patrícia é um papel dinâmico, ela é romântica e boazinha em sua primeira fase, que dura quinze capítulos. Depois, é uma pessoa traumatizada, para logo depois surgir como alguém desiludida com o amor, mas curiosamente mais forte e combativa. Aguinaldo caprichou na Patricia, é um personagem fascinante para uma atriz.

Continua após a publicidade

Já fez o balanço de quantas palavras e beijos foram trocados entre Patricia e Antenor nas cenas? Para nós, parece que eles se beijavam mais do que conversavam. O Antenor e a Patrícia se amam de verdade, apesar da farsa que o noivo arma para cima dela. E a atitude é normal em um casal jovem e apaixonado.

A Patricia desaprova o comportamento da mãe? Toda filha desaprova o comportamento da mãe em determinados momentos. Ela tem algumas coisas da Tereza e não sabe. Ela pode ser agressiva quando quer, combativa. Mas não é fútil nem vaidosa como a mãe e não concorda com muitas de suas atitudes. Tem pensamentos opostos em relação a muita coisa. Em personalidade, se parece mais ao pai Renê.

O que vai mudar no comportamento de Patricia após ela descobrir a farsa de Antenor? Ela se tornará uma pessoa mais real, humana e certamente mais forte. Antenor pisou na bola com Patricia. Traiu a confiança dela, que tinha um amor cego por ele. Ela o aceitaria rico ou pobre e não entende porque ele armou tudo aquilo. Vai sair mais forte e determinada de toda aquela situação, certa de que não adianta sofrer por quem não merece.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.