Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Acusador de Asia Argento diz que não a denunciou por ‘vergonha e medo’

Jimmy Bennett, que afirma ter sido abusado sexualmente pela atriz, não queria que a história se tornasse pública

Por Redação 22 ago 2018, 20h50

O ator que afirma ter sido abusado sexualmente por Asia Argento, Jimmy Bennett, falou sobre a acusação, revelada no fim de semana pelo jornal The New York Times. Em comunicado enviado ao site da revista The Hollywood Reporter, ele explica por que nunca denunciou o caso, que teria acontecido em 2013, quando ele tinha 17 anos. “Resolvi resolver a questão de maneira privada com a pessoa que me prejudicou”, disse.

Bennett afirmou que “seu trauma ressurgiu” quando Asia denunciou o produtor Harvey Weinstein de estupro, no ano passado. “Meu trauma reapareceu quando ela declarou ter sido também uma vítima. Não dei uma declaração nos últimos dias por que estava com vergonha e medo de fazer parte de uma narrativa pública.”

Segundo o New York Times, Asia pagou 380.000 dólares a Bennett após o abuso, que teria acontecido na Califórnia, onde a idade de consentimento é 18 anos. Em comunicado divulgado nesta terça-feira, ela nega que tenha tido qualquer relação sexual com o ator, afirmando que ele estava extorquindo dinheiro dela e de Anthony Bourdain, seu namorado, que morreu em junho.

“Eu era menor de idade quando o caso aconteceu”, continuou Bennett, que agora tem 22 anos. “Tentei conseguir justiça de um jeito que fizesse sentido para mim na época porque eu não estava pronto para lidar com os desdobramentos da minha história caso ela se tornasse pública. Eu acreditava que haveria um estigma de que eu era um homem naquela situação. Não achei que as pessoas entenderiam o caso pelos olhos de um adolescente.”

  • Fotos e mensagens

    Nesta quarta-feira, o site TMZ divulgou uma foto em que Asia e Bennett parecem estar deitados em uma cama. A publicação também divulgou uma série de mensagens que, segundo o site, foram enviadas por Asia a uma amiga. Nas mensagens, a pessoa identificada como Asia diz que fez sexo com ele, que “foi estranho” e que ela não sabia que ele era menor de idade.

    O New York Times confirmou que a foto divulgada pelo TMZ é a mesma que a reportagem do jornal havia visto anexada à carta enviada pelo advogado de Bennett a Asia Argento falando sobre a intenção de abrir um processo contra ela. No documento, obtido pelo jornal, o advogado pedia 3,5 milhões de dólares de indenização.

    Bennet interpretou o filho de Asia no filme Maldito Coração (2004), quando ele tinha 7 anos.

    Continua após a publicidade
    Publicidade