Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Abrir Portas e Janelas’ é o grande vencedor do Festival de Mar del Plata

Por Da Redação 13 nov 2011, 13h02

Mar del Plata (Argentina), 13 nov (EFE).- O filme argentino ‘Abrir Portas e Janelas’, de Milagros Mumenthaler, ganhou o prêmio máximo da 26ª edição do Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata, que termina neste domingo.

Além de ganhar o prêmio Astor de Ouro, batizado assim em homenagem ao músico Astor Piazzolla, Milagros também foi reconhecida como a melhor diretora do Festival. ‘Abrir Portas e Janelas’ narra a história de três jovens irmãs que ficam sozinhas em uma casa cheia de memórias, depois da morte da avó.

O Brasil foi representado por ‘Girimunho’, de Helvecio Marins Jr. e Clarissa Campolina, que concorreu ao prêmio de melhor longa-metragem latino-americano, vencido pelo peruano ‘Las Malas Intenciones’, de Rosario García-Montero.

Esta edição do festival, único com categoria A na América Latina, se caracterizou por um orçamento reduzido, que gerou problemas de organização e ausência de grandes estrelas, em parte compensados por uma boa programação, integrada por 193 títulos (entre longas e curtas) procedentes de 32 países, com presença majoritária de produções latino-americanas e americanas.

A presença do ator americano Willem Dafoe foi um dos destaques do evento, onde apresentou ‘A Woman’, filme dirigido por sua esposa, a italiana Giada Colagrande, e que será um dos filmes exibidos neste domingo. Outros que brilharam no evento foram o ator e cineasta inglês Alex Cox e o americano Joe Dante, criador de ‘Gremlins’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade