Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

A natação se despede hoje dos Jogos

Cinco motivos mostram que os nadadores têm estilo descolado e encantaram na Rio-2016

Por Da redação Atualizado em 22 ago 2016, 11h56 - Publicado em 13 ago 2016, 08h14

Para além de Michael Phelps, que dispensa qualquer comentário, a natação na Rio-2016 tem se mostrado um dos esportes mais divertidos e descolados dessa Olimpíada. São muitos os fatores que comprovam que a modalidade é absurdamente cool.

Para começar, são 887 atletas, entre 13 e 38 anos, competindo em 32 provas distintas – que chegam ao fim neste sábado. A quantidade até causa confusão nos espectadores.

 

Continua após a publicidade

Sem falar nos motivos para gostar de assistir à competição.

Abaixo, mais bons detalhes da aura descolada do esporte aquático:

 

Continua após a publicidade

1 – Óculos que brilham

Antes mesmo de começar a Olimpíada, os nadadores brasileiros já chamavam a atenção por seus óculos de luz. O aparato — que definitivamente deveria tomar as pistas da dança pelo país — tinha uma função nobre: ajudar os atletas a se ambientarem em competições noturnas, por volta das 22h, sem cair no sono.

Atletas da natação
Atletas da natação durante treino no Centro de treinamento paraolímpico em SP – 28/07/2016 Antonio Milena/VEJA

 

Continua após a publicidade

2 – Looks

É comum em jogos olímpicos que a tecnologia do look usado pelos nadadores se torne tema de controvérsia. Em 2008, na Olimpíada de Pequim, a Speedo desenvolveu roupas de natação de LZR Racer, tecido superfino que comprime os músculos e repele a água, ajudando na eficiência do atleta — o que foi considerado um tipo de trapaça por alguns. Novos recordes mundiais começaram a ser batidos com a tecnologia. Para os leigos, que só assistem pela televisão, o que importa é que dos jogos de Atenas, em 2004, para cá, o maiô preto e sem graça, que cobria todo o corpo dos nadadores, foi abolido para dar lugar a modelos mais modernos, coloridos e, novamente, menores. Homens voltaram a usar bermudas e sungas, e as mulheres, maiôs mais estilosos. Os espectadores agradecem.

Nadador Cameron McEvoy, da Austrália, compete 100m freestyle pela Rio 2016
Nadador Cameron McEvoy, da Austrália, compete 100m freestyle pela Rio 2016 David Ramos/Getty Images

 

Continua após a publicidade

Nadadora russa Yulia Efimova compete na Rio-2016
Nadadora russa Yulia Efimova compete na Rio-2016 Adam Pretty/Getty Images

 

Continua após a publicidade

Britânico Adam Peaty celebra medalha de ouro e novo recorde nos 100m pela Rio-2016
Britânico Adam Peaty celebra medalha de ouro e novo recorde nos 100m pela Rio-2016 Clive Rose/Getty Images

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Fu Yuanhui, a rainha fofa da Olimpíada

Desde que a chinesa Fu Yuanhui ganhou sua medalha de bronze nos 100 m costas, a internet nunca mais foi a mesma. A moça, que só descobriu sua terceira posição através de uma repórter, e fez caras e bocas para celebrar, é um verdadeiro meme ambulante. As muitas feições divertidas da moça dominaram as redes sociais, que a elegeram a atleta mais fofa dos jogos. Confira algumas:

 

Continua após a publicidade

4 – Se não bastasse tudo isso… a natação tem Phelps

O recordista de medalhas em natação é um capítulo a parte na história do esporte. Como ídolo absoluto da modalidade, ele também se tornou cobiçado pelas marcas. Na Olimpíada de Pequim, em 2008, ele ganhou 1 milhão de dólares de bônus da marca Speedo, responsável pelas roupas dos atletas da natação. Mais tarde, ele foi obrigado a cobrir os logos da grife de fones de ouvido Beats em seu fiel aparato, usado por ele para se concentrar antes das provas — e ganhar mais uns trocados. Para os curiosos do que seria a playlist, o jornal The New York Times garante que estariam nos ouvidos do atleta os rappers Eminem e Young Jeezy, além do cantor country Eric Church.

O nadador americano Michael Phelps, com fones de ouvido da marca 'Beats'
O nadador americano Michael Phelps, com fones de ouvido da marca ‘Beats’ Marcos Brindicci/Reuters

 

Continua após a publicidade

5 – E Phelps inspira memes

Só para finalizar…

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)