Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
#VirouViral Por Duda Monteiro de Barros Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

‘Aborto não’: conservadores ecoam opinião escrachada de Bolsonaro

Presidente definiu procedimento realizado em menina estuprada como 'inadmissível'

Por Duda Monteiro de Barros Atualizado em 13 jul 2022, 14h41 - Publicado em 24 jun 2022, 14h39

Após a realização do abortamento em criança de 11 anos vítima de estupro, o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou nas redes seu posicionamento sobre o ocorrido. No texto, acompanhado de uma foto de um bebê prematuro, o chefe de Estado repudia a recomendação do MPF de que o hospital assegurasse o aborto. “A única certeza sobre a tragédia da menina grávida de 7 meses  é que tanto ela quanto o bebê foram vítimas”, escreveu. Em outra postagem, ele reforça que não importa a forma como se deu a gestação — ainda que seja fruto de uma violência.

Enquanto boa parte dos internautas se manifestou contra a fala de Bolsonaro e a favor dos direitos garantidos pelo Código Penal às pessoas agredidas sexualmente, emergiu também uma onda conservadora em apoio ao presidente. A tag #AbortoNão já foi mencionada mais de 13 mil vezes no Twitter e os usuários comparam o procedimento ao assassinato. Em consonância com a juíza de Santa Catarina Joana Ribeiro Zimmer, acusada de induzir a criança violentada a seguir com a gestação, os “pró-vida” (como se denominam) apoiam a tese de que a vítima deveria ter “aguentado mais um pouquinho”.

 


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)