Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

O motivo doloroso por trás do cancelamento da turnê de Ivete Sangalo

Cantora interrompeu série de shows comemorativos dos 30 anos de carreira

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 17 Maio 2024, 19h27 - Publicado em 15 Maio 2024, 11h40

Anunciada com grande entusiasmo, a turnê A Festa, de Ivete Sangalo, que comemoraria em diversas cidades pelo país os seus trinta anos de carreira, foi cancelada nesta quarta-feira, 15, após comunicado nas redes sociais. “Honrando a transparência e a responsabilidade que marcam sua carreira, Ivete Sangalo e seu escritório optaram por cancelar a turnê ‘A Festa’. A decisão, embora dolorosa, revelou-se necessária a partir da constatação de que a produtora responsável pela realização dos shows não conseguiria garantir as condições necessárias para que as apresentações da artista acontecessem da forma como foram concebidas com a excelência e segurança prometidas e acordadas”, informou a produção da cantora.

Apesar dos argumentos genéricos informados no comunicado, a coluna GENTE soube por fontes envolvidas na produção que a cantora estava insatisfeita — irritadíssima, na verdade — com a venda minguada de ingressos em todas as cidades. Algo que vem acontecendo desde o começo da turnê. Em 20 de dezembro, Ivete iniciou a série de shows no Maracanã, no Rio. No entanto, as vendas dos ingressos não atingiram as expectativas da produção. Tanto que as redes sociais foram inundadas de vídeos mostrando ingressos sendo distribuídos gratuitamente na entrada de um shopping na Zona Norte do Rio de Janeiro. O motivo da ação era garantir que o estádio estivesse completamente lotado, já que a apresentação seria gravada pela TV Globo. Nas últimas semanas, os ingressos para o show que aconteceria no dia 31 de agosto, na Arena das Dunas, em Natal (RN), estavam sendo vendidos a apenas 50 reais. Além de Natal, a cantora baiana levaria seu show para outras 29 cidades entre 2024 e 2025. Em nenhuma a venda de ingressos estava satisfatória.

Sem apresentar um trabalho novo que seja impactante, as apresentações de Ivete deixaram de ser desejadas como antes. Não que a cantora não tenha carisma e potencial para voltar a ter seu público de outrora, mas a concorrência, inclusive internacional, tem sido maior nos últimos tempos em estádios. Soma-se a isso o fato de ter mais uma edição do Rock in Rio em setembro e a confirmação da turnê de Bruno Mars em três estádios (Rio, São Paulo e Brasília), tudo no segundo semestre. Aliás, Bruninho já tem ingressos esgotados. Não houve clima para tanta “festa” de Ivete.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.