Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Como Carlos Cuevas se tornou queridinho de séries gays da Netflix

Depois de 'Merlí', ator catalão protagoniza ‘Smiley’, nova comédia romântica no streaming

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 10 dez 2022, 16h00

Carlos Cuevas Sisó, 26 anos, é um ator espanhol que ficou conhecido no Brasil por seu papel como Pol Rubio na série bonitinha-filosófica Merlí, com direito a cenas calientes gays. E agora acaba de estrear Smiley, uma comédia romântica espanhola, que adapta uma peça de teatro de mesmo nome de Guillem Clua. A sinopse da Netflix apresenta um pouco da história: “Dois homens e seus amigos em Barcelona navegam em hesitações, problemas e conexões perdidas enquanto procuram o verdadeiro amor que estão perdendo”. 

A história segue Álex, interpretado por Cuevas, que manda uma mensagem sem querer para Bruno – esse “acidente” muda a vida dos personagens para sempre. Ao todo são oito episódios com média de 35 minutos. “Smiley tem tudo para ser uma comédia romântica normal, mas com a diferença de que é uma história de amor entre dois homens que, por mais estranho que pareça, nunca foi feita antes”, disse em entrevista para a RAC1.

Merlí, produção de 2015 toda falada em catalão, apresenta Merlí Bergeron (Francesc Orella), professor de filosofia nada convencional, que precisa reorganizar sua vida pessoal enquanto mostra a importância da filosofia. Pol, interpretado por Cuevas, é o aluno preferido do professor e tem um relacionamento com o filho de Merlí, Bruno Bergeron (David Solans). Depois do sucesso, o criador da série Hector Lozano, produziu um spin-off protagonizado por Pol Rubio, que tem duas temporadas. A história de Merlí: Sapere Aude (“ouse saber”, em latim), disponível no HBO, se passa após a morte de Merlí, quando Pol começa a estudar Filosofia na Universidade de Barcelona. 

Em entrevista à GQ, Cuevas falou sobre a importância desse tipo de personagem:  “Não sei se existem protagonistas na ficção espanhola que não sejam heterossexuais. Se não me ocorre nenhum, já é um sintoma”. O espanhol possui quase um milhão de seguidores nas redes sociais e compartilha suas viagens e festas com amigos.  

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Carlos Cuevas (@carloscuevas)

.
Carlos Cuevas – (Reprodução/Instagram)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.