Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Dupla lança cartilha anti-assédio para o Carnaval

No período de folia, há um aumento de aproximadamente 20% dos casos de violência sexual contra mulheres

Por João Batista Jr. Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 21 fev 2020, 16h02 - Publicado em 20 fev 2020, 17h54

Os dados são alarmantes. O Carnaval, festa mais popular do Brasil, potencializa um problema existente o ano todo. Segundo o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, no período de folia há um aumento de 20% dos casos de violência sexual contra mulheres. Uma pesquisa do Instituto Data Popular feita com 3.500 brasileiros de 146 cidades revelou: para 61% dos entrevistados, uma mulher solteira que vai pular Carnaval não pode reclamar. O retrocesso não para por aí. A mesma análise mostra que para 49% das pessoas, bloco não é lugar para mulher “direita”.

Com o objetivo de modificar esse cenário, duas forças se uniram: Yasmine Sterea, fundadora do Instituto Free Free, e a promotora Valéria Scarance, do Núcleo de Gênero do Ministério Público de São Paulo, criaram a cartilha #EuDecido, para discutir ações práticas de forma a evitar toda sorte de assédio no Carnaval.

Às dicas: 
– Fantasia não é convite
– A pessoa se fantasiou para ela, não para você
– Bebida não é carta branca para avançar o sinal
– Bebida não é desculpa para quem avança o sinal
– Ofensa não é brincadeira
– Racismo, discriminação, homofobia, lesbofobia jamais!
– Beijo roubado é abuso
– Cantada grosseira é abuso
– Tocar o corpo de alguém é abuso

Sim ou não?
– Curtir o samba com a turma: liberado!
– Elogiar com respeito: liberado!
– Sorrir: liberado!
– Conversar: liberado!
– Convidar pra dançar: liberado!
– Passar a mão: crime!
– Encoxar: crime!
– Usar palavras ofensivas: crime!
– Cantada de cunho sexual: crime!
– Xingar alguém porque ouviu “não”: crime!
– Empurrar ou ameaçar alguém; crime!

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.