Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

Aos 80 anos, cai o último assunto-tabu para Roberto Carlos

Cantor falou abertamente para Nelson Motta sobre a perda de uma perna em acidente, ainda criança; detalhes serão contados na série sobre sua vida

Por Cleo Guimarães Atualizado em 3 nov 2021, 16h47 - Publicado em 3 nov 2021, 16h45

A perda de uma perna em um atropelamento na linha do trem quando ainda era criança e a prótese mecânica que usa até hoje eram dois assuntos interligados e considerados verdadeiros tabus para Roberto Carlos. Agora, a tragédia que marcou a vida do cantor, hoje com 80 anos, será contada em detalhes na série biográfica escrita por Nelson Motta e pela roteirista Patricia Andrade. Em entrevista ao podcast do publicitário Washington Olivetto, Nelson contou detalhes do que já conversou sobre a delicada questão com Roberto.

“Até os 13 ou 14 anos, Roberto não tinha prótese na perna. Era aquela calça com alfinetinho e a muleta. Ele ia para o colégio, brincava. Depois, o pai dele ouviu falar que no Rio havia um médico que fazia prótese. Ele foi lá com o pai, mas não deu em nada. No terceiro hospital que  foram, ouviram falar de um médico alemão. O cara era um craque e construiu uma prótese para o Roberto. Ele contou que saiu correndo, tropeçando, foi correndo pela praia. No dia seguinte, foi a um baile e dançou a noite inteira. Roberto não teve nenhum problema em falar da perna, do acidente”, disse Nelson.

Publicidade