Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Valmir Moratelli Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

Anões de Hollywood estão revoltados com Peter Dinklage, de Game of Thrones

Atores com nanismo dizem que perderam oportunidade de trabalho no live-action de Branca de Neve após críticas do astro; "Ele tirou o emprego de sete de nós"

Por Cleo Guimarães Atualizado em 28 jan 2022, 19h13 - Publicado em 28 jan 2022, 19h00

Atores anões de Hollywood reagiram furiosamente ao novo posicionamento da Disney para o live-action de Branca de Neve. Duramente criticado por Peter Dinklage (de Game of Thrones) por regravar uma história que perpetua estereótipos sobre eles, o estúdio anunciou que o filme terá uma nova abordagem para que características negativas erroneamente associadas ao nanismo não sejam reproduzidas. “Ele tirou o emprego de sete de nós”, lamentou Dylan Postl, ator com nanismo que participou de “Muppets” e outras produções.

BBB 22: primeiro eliminado testa positivo para a Covid-19

“Peter Dinklage pode ser o maior ator anão de todos os tempos, mas isso não um rei, uma autoridade”, disse Postl ao Daily Mail. Parece ser unanimidade entre os atores com nanismo que as críticas de Peter tiraram desta minoria a oportunidade de interpretar o que para muitos é o “papel dos sonhos” da carreira.

Ameaçada de boicote, empresa dá ‘chá de sumiço’ em Ivete Sangalo

“Me embrulha o estômago pensar que existem sete oportunidades de ouro para pessoas como nós, que não conseguem papéis normais, e agora elas se foram por causa desse cara”, dispara Jeff Brooks, também anão. Para ele, Dinklage não é uma autoridade para falar em nome toda a comunidade e, ao cancelar os papéis, a Disney causou mais dano do que benefícios aos anões.

No comunicado enviado à imprensa, a Disney não detalhou qual será a “nova abordagem” em relação aos anões de trama, mas disse estar ansiosa para compartilhar mais informações à medida que o filme avança no processo de produção. A refilmagem está programada para estrear em 2023 e trará Rachel Zegler no papel principal e Gal Gadot como Rainha Má.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês