Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

A polêmica em torno do primeiro retrato oficial de Rei Charles

Quadro foi pintado pelo artista Jonathan Yeo; críticas dominaram as redes sociais

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 15 Maio 2024, 18h56 - Publicado em 15 Maio 2024, 18h55

O Rei Charles III, do Reino Unido, recebeu nesta terça-feira, 14, o seu primeiro retrato desde a coroação em maio passado. O quadro do artista Jonathan Yeo retrata Charles em um fundo de tons vermelhos vívidos, vestindo o uniforme da unidade militar da Guarda Galesa. A obra foi encomendada em 2020 para celebrar os 50 anos do então Príncipe de Gales como membro do órgão de doações The Drapers’ Company.

“Nunca vi nada mais feio”, escreveu um usuário do X. “Rei Charles até se assustou com a sua pintura!! Será que está também terá o mesmo fim do quadro que deram de presente para Winston Churchill e pouco tempo depois ele queimou o quadro!!!”, questionou outro, fazendo referência a uma obra feita em 1954, para comemorar o 80º aniversário do primeiro-ministro do Reino Unido, mas que não agradou o político. “E finalmente o Charles, agora rei, recebeu um quadro a sua altura. Tão bizarro quanto o retrato de Dorian Grey e do amaldiçoado de Ghostbusters”, disse um terceiro em relação ao quadro assombrado do filme Os Caça-Fantasmas 2 (1989). “Nunca uma ‘auto apresentação’ da nobreza foi tão fiel ao espírito de porco do nobre inglês quanto esse retrato que Rei Charles nos mostrou. É como observar um sujeito envolto a uma aura de sangue e morte. O fato dele ter ficado satisfeito com a imagem também nos diz muito dele”, concluiu outro usuário.

Continua após a publicidade

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.