Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

A confusão criada por nova novela de Juliana Paes na Netflix

‘Pedaço de Mim’ estreou no streaming na sexta-feira, 5

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 8 jul 2024, 07h00

Largamente divulgada como a “primeira novela” da Netflix, Pedaço de Mim estreou na sexta-feira, 5, com seus dezessete primeiros episódios (ou seriam capítulos) para os assinantes do streaming – e já figurando no top1 das produções mais assistidas no país neste primeiro final de semana. Com Vladimir Brichta e Juliana Paes nos papéis centrais, a trama narra a vida de Liana, que enfrenta rara condição de superfecundação heteroparental, na qual fica grávida de gêmeos com pais diferentes. Na plataforma,  Pedaço de Mim é citada como minissérie melodramática. Mas afinal, seria esta uma novela ou uma série?

Leia também: Vladimir Brichta é ‘case’ em indigesta coincidência entre Netflix e Globo

Novela e série têm organização estrutural bem diferentes. A primeira compreende uma história apresentada ao público de uma única vez, em capítulos sequenciais (normalmente, entre 100 e 200) sem quebra entre eles. Já uma série é produzida em temporadas que podem ir de menos de 8 a mais de 20 episódios.

Para completar, Pedaço de Mim é citada como um “melodrama”, como se as séries hoje disponíveis não tivessem elementos desse gênero televisivo. Isso porque, tradicionalmente, as novelas são descendentes dos folhetins, as narrativas literárias surgidas na França no século XIX e que eram inclusas nos jornais, e tinham como objetivo cativar o público para a leitura dos capítulos e compra do jornal no dia seguinte. As histórias contadas nos folhetins precisavam ser dramáticas, exageradas, e facilmente compreensíveis. Há também relação com o melodrama, que surge como um espetáculo teatral produzido para as grandes massas, em que tudo precisa ser explícito (o choro, a dor, a alegria) para que todos possam compreender.

Continua após a publicidade

Ainda que as séries também recorram a recursos do melodrama, as novelas ganharam primeiro a fama de serem associadas diretamente a este gênero, projetadas por histórias com poucas sutilezas: personagens ambivalentes, por exemplo, tendem a não funcionar tão bem nas novelas – o vilão tem que ser vilão, a mocinha tem que ser mocinha. E isso precisa ficar claro já nos primeiros capítulos.

O que se vê em Pedaço de Mim é um misto de elementos de ambas as descrições (série e novela), com carga dramática forte, para não esquecermos de que se trata de um melodrama clássico. Ainda assim, é uma obra já fechada, todos os capítulos já foram gravados. Ou seja, a Netflix vem embaralhar os conceitos com uma obra que transita entre a novela e a série, sem deixar de prezar pela qualidade técnica que fez a teledramaturgia nacional reconhecida no mundo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.