Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Nova Temporada

Por Fernanda Furquim
Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.
Continua após publicidade

Ray Cusick, criador do visual dos Daleks, morre aos 84 anos

Designer que trabalhou com a série Doctor Who, Ray Cusick faleceu no dia 21 de fevereiro, aos 84 anos de idade, em consequência de uma insuficiência cardíaca sofrida durante o sono. Em seu perfil do Twitter, Mark Gatiss, um dos atuais roteiristas de Doctor Who, deu adeus a Cusick lamentando a perda do designer justamente […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 31 jul 2020, 06h48 - Publicado em 24 fev 2013, 13h05

Designer que trabalhou com a série Doctor Who, Ray Cusick faleceu no dia 21 de fevereiro, aos 84 anos de idade, em consequência de uma insuficiência cardíaca sofrida durante o sono.

Em seu perfil do Twitter, Mark Gatiss, um dos atuais roteiristas de Doctor Who, deu adeus a Cusick lamentando a perda do designer justamente no ano em que a série comemora seu cinquentenário. Para os fãs, Cusick será sempre lembrado como aquele que criou o visual dos Daleks, raça alienígena inimiga dos Lordes do Tempo, da qual o Doutor, protagonista da série, faz parte.

Raymond Patrick Cusick nasceu em 1928, em Londres, Inglaterra. Ray estudou artes mas, para atender a um desejo do pai, também se matriculou em um curso de engenharia civil, do qual desistiu pouco tempo depois. Para poder deixar os estudos sem aborrecer o pai, Cusick se alistou no exército. Ele passou o período do serviço militar na Palestina.

Em seu retorno à Inglaterra, Cusick se especializou como professor e passou a dar aulas de artes. Insatisfeito, Cusick procurou trabalhos dentro de sua área. Nessa mesma época, ele respondeu a um anúncio da Granada Television, produtora de filmes e programas de TV da Inglaterra, que estava procurando designers para compor a equipe de produção do programa Chelsea at Nine. Tendo sido selecionado, ele levou alguns dias para iniciar o trabalho, visto que precisava cumprir o aviso prévio como professor. Ao chegar no estúdio para trabalhar, ninguém sabia quem ele era. A pessoa que o contratara tinha saído. Assim, Cusick procurou trabalho no Wimbledon Theater, onde ficou por três anos.

Continua após a publicidade

No início da década de 1960, Cusick se ofereceu à BBC, que o contratou como funcionário temporário, meio período. Na época, a corporação estava expandindo, criando novos estúdios. Mesmo assim, ele, e muitos outros funcionários, recebiam um salário mínimo, considerando que ‘era uma honra trabalhar na BBC’, algo que, segundo Cusick em entrevistas, era comumente dito a quem reclamasse do salário.

Em 1963, Cusick foi escalado pela BBC para substituir Ridley Scott, originalmente contratado para desenvolver o visual de uma nova história que seria produzida em sete partes para a série Doctor Who. Sem conseguir espaço em sua agenda, Scott precisou se afastar. Com o título provisório de The Mutants, a história introduzia uma nova raça alienígena conhecida como Daleks, criada pelo roteirista Terry Nation. Uma das tarefas de Cusick era a de criar o visual desta raça. Tentando fugir do tradicional ‘homem de prata usando um capacete ou uma fantasia de monstro’, Cusick criou um visual completamente diferente do que era utilizado na época.

Os Daleks

Continua após a publicidade

Na série, os Daleks formam uma raça mutante de cyborgs criada por um cientista para sobreviver às guerras travadas em seu planeta natal. Com o objetivo de exterminar toda e qualquer raça, os Daleks se tornaram conquistadores. Ao longo dos anos, os Daleks sofreram algumas mudanças, mas mantiveram a aparência básica de ‘um vidro de pimenta’, o qual, atualmente, flutua no ar.

O vidro de pimenta teria sido uma das fontes de inspirações de Cusick. Em entrevista ao Doctor Who Confidential, exibida em 2008, ele disse que sua inspiração para criar o visual dos Daleks surgiu enquanto almoçava com Bill Roberts, especialista em efeitos visuais. No momento em que Cusick pegou um vidro de pimenta e o puxou para si na mesa, ele definiu a imagem que daria aos inimigos do Doutor.

Rebatizada com o título de The Dead Planet, a história que introduziu os Daleks estreou no dia 21 de dezembro de 1963. Na época, foram construídos apenas quatro Daleks ao valor de 250 libras. A Dalekmania teve início pouco depois, transformando a raça inimiga do Doutor em parte da cultura popular, bem como sinônimo da série tal qual a TARDIS e o próprio Doutor.

Continua após a publicidade

Jon Pertwee, falecido em 1996, ao lado de um Dalek na década de 1970 (Foto: Michael Stroud/Express)

Por este trabalho, Cusick recebeu seu salário normal de funcionário da BBC, sem nunca ter ganho parte do lucro na venda de produtos agregados ou na utilização do mesmo na produção da série ou participação dos personagens em comerciais e outros programas.

O máximo que a BBC teria feito ao longo dos anos, em reconhecimento ao sucesso conquistado pelos Daleks, foi lhe pagar um bônus. Já Terry Nation, que não era funcionário da BBC, teve seus direitos autorais assegurados.

Continua após a publicidade

Segundo a imprensa britânica, Cusick nunca exigiu pagamentos extras, apenas o reconhecimento. Reza a lenda que os créditos por seu trabalho na série somente teriam se tornado de conhecimento público na década de 1970, quando Jon Pertwee, que na época interpretava o Doutor, disse em um programa de perguntas e respostas que Cusick era o responsável por criar o visual dos Daleks.

Cusick continuou na equipe de produção de Doctor Who até 1966, trabalhando com cenários e objetos de cena. Mais tarde, ele trabalhou com outras séries produzidas para o canal. Entre elas, a primeira versão de A Saga dos Forsyte, a versão de 1975 de Madame Bovary, e Miss Marple, em 1985.

A maioria das séries e minisséries com as quais Cusick trabalhou eram de época, gênero que ele preferia. A única ficção científica, além de Doctor Who, foram dois episódios de Out of the Unknown, série sem elenco ou situação fixa produzida entre 1965 e 1971, que adaptou diversos contos do gênero. Segundo Cusick em entrevistas, em um dos episódios a produção reutilizou o cenário da TARDIS.

Continua após a publicidade

Apesar do baixo salário e orçamentos oferecidos pela BBC, Cusick continuou trabalhando para a empresa até 1988, quando se aposentou aos 60 anos de idade como diretor de arte.

Ao longo das últimas décadas, ele se dedicou à sua outra paixão: estudar história, especialmente o período das guerras napoleônicas. Em função disso, ele escreveu diversas matérias sobre o tema publicadas em revistas e jornais. Também prestou assistência a pesquisadores e profissionais da área.

Viúvo, ele deixa duas filhas e sete netos.

Cliquem na última foto para ampliar. 

No primeiro vídeo, os Daleks através dos anos. No segundo, participação de Cusick no programa Doctor Who Confidential, exibido em 2011, na qual ele comenta a criação dos Daleks.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=G5bKQxmKH5o&w=620&h=330%5D

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Y3HC3Wl9UY8&w=620&h=330%5D

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.