Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Nova Temporada Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Fernanda Furquim
Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.
Continua após publicidade

Minissérie ‘Justiça’ estreia primeiro na Internet

Os assinantes do serviço de streaming Globo Play poderão conferir já neste sábado, dia 20 de agosto, os dois primeiros episódios da minissérie Justiça, que estreia no dia 22 de agosto pela Rede Globo. Os demais episódios também serão disponibilizados na Internet antes da exibição na TV. Ao todo foram produzidos vinte episódios que narram quatro histórias diferentes, […]

Por Fernanda Furquim
Atualizado em 30 jul 2020, 22h03 - Publicado em 20 ago 2016, 16h49
Justiça

Fotos: Ellen Soares/Divulgação

Os assinantes do serviço de streaming Globo Play poderão conferir já neste sábado, dia 20 de agosto, os dois primeiros episódios da minissérie Justiça, que estreia no dia 22 de agosto pela Rede Globo. Os demais episódios também serão disponibilizados na Internet antes da exibição na TV.

Ao todo foram produzidos vinte episódios que narram quatro histórias diferentes, a quais se cruzam em determinados momentos (recurso já utilizado por Os Experientes). Cada episódio terá como foco uma história, sendo que a minissérie será exibida de segunda a sexta (menos nas quartas).

Escrita por Manuela Dias, com a colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo e Roberto Vitorino, a minissérie tem como objetivo apresentar o conceito de justiça do ponto de vista ético e moral. A direção é de Luisa Lima, Walter Carvalho, Isabella Teixeira e Marcus Figueiredo.

Justia

Continua após a publicidade

Justiça acompanha a vida de personagens que cometem um crime e são presos no mesmo dia, sendo condenados à mesma pena. Cada história mostrará as situações em que eles se envolvem e a forma como lidam com as consequências.

A primeira história introduzida por Justiça é a de Elisa (Débora Bloch), uma professora de Direito que ainda não conseguiu superar a morte da filha Isabella (Marina Ruy Barbosa).

A jovem foi assassinada a tiros pelo noivo Vicente (Jesuíta Barbosa) quando este a encontrou com o ex-namorado Otto (Pedro Lamim). Determinada a vingar a morte da filha, Elisa planeja fazer justiça com as próprias mãos assim que Vicente deixar a cadeia. Este, por outro lado, arrependido do crime que cometeu, está obcecado em conseguir de Elisa seu perdão.

Justia

Continua após a publicidade

A segunda história é a de Fátima (Adriana Esteves), empregada doméstica na casa de Elisa. Fátima é casada com o motorista de ônibus Waldir (Ângelo Antônio), com quem tem dois filhos, Mayara (Letícia Braga e Júlia Dalavia) e Jesus (Bernardo Beruzzo e Tobias Carrieres). A família vive tranquila em um sítio da periferia, até que chegam seus novos vizinhos para perturbar a rotina do lugar.

Ele são Douglas (Enrique Diaz), um policial machista e truculento, e sua namorada Kellen (Leandra Leal), uma encrenqueira. Os vizinhos trazem com eles Furacão, um cachorro que ameaça a família de Fátima. A situação se complica quando Jesus é mordido, levando Fátima a matar o animal. Como vingança, Douglas esconde drogas no jardim da casa da vizinha e forja uma batida. Presa, Fátima é levada a julgamento.

Justiça2

A terceira história é a de Rose (Jéssica Ellen), filha de Zelita (Teca Pereira), empregada doméstica na casa de Lucy (Fernanda Vianna) e sua filha Débora (Luisa Arraes). Desde pequenas, Rose e Débora são amigas que nunca deixaram as diferenças sociais interferirem na relação.

Continua após a publicidade

Para celebrar o aniversário de Rose, Débora organiza um luau regado a drogas, que as duas adquirem no quiosque do Celso (Vladmir Brichta). Mas durante a balada ocorre uma batida policial, na qual apenas Rose é revistada e presa. Sem coragem de assumir sua parte da culpa, Débora vê a amiga ser condenada a sete anos de prisão. Anos mais tarde, após deixar a cadeia, Rose procura por Débora. Ao saber que a amiga sofreu um estupro, as duas se unem para encontrar o culpado.

Justia

A quarta história de Justiça é a de Maurício (Cauã Reymond), um contador casado com Beatriz (Marjorie Estiano), uma bailarina.

A vida do casal sofre uma reviravolta quando Beatriz é atropelada por Antenor (Antonio Calloni), um político corrupto que deu um golpe na empresa de ônibus da qual era sócio com Euclydes (Luiz Carlos Vasconcelos), chefe de Maurício e pai de Vicente (Barbosa), personagem do primeiro episódio.

Continua após a publicidade

Tetraplégica, Beatriz pede a ajuda do marido para morrer por eutanásia. Após cumprir pena pela morte da esposa, Maurício começa a colocar em prática seu plano de vingança contra Antenor, que fugiu da cena do acidente sem prestar socorro.

No elenco da minissérie também estão Cássio Gabus Mendes, como Heitor, um reitor de universidade que namora Elisa; Pedro Nercessian, como Téo, filho de Antenor que se envolve com Elisa; Priscila Steinman, como Sara, estudante que tem um caso com Heitor; Giovana Echeverria, como uma estudante que se envolve com Téo; Igor Angelkorte, como Marcelo, marido de Débora; Júlio Andrade, como o cantor e mestre de obras Firmino, que se interessa por Fátima; Camila Márdila, como Regina, vendedora de empadas que se casou com Vicente depois que ele foi preso; Pedro Wagner, como Oswaldo, um pintor irmão de Firmino, com quem não tem um bom relacionamento; Drica Moraes, como Vânia, esposa depressiva e alcoólatra de Antenor que sonhava em ser cantora antes de se casar; Mayara Millane, como Tânia, Mariah Teixeira, como Ariel, e Mohana Uchoa, como Kika, prostitutas do Snack Night Club, bar onde a filha de Fátima vai trabalhar quando se torna adulta.

Justia

Segundo Manuela, a ideia da minissérie surgiu quando soube que o marido de sua empregada foi preso por ter matado o cachorro do vizinho, o que a levou a questionar o lado pessoal da justiça. No entanto, vale mencionar aqui que a proposta de Justiça é muito parecida com a da série britânica Accused, criada por Jimmy McGovern, Sita Williams e Roxy Spencer.

Continua após a publicidade

Em Accused, cada episódio apresenta a história de pessoas comuns que se vêem envolvidas em uma situação, que as leva a cometer um crime. A série também mostra a forma como elas lidam com as consequências de seus atos.

Accused foi exibida no Reino Unido entre 2010 e 2012, sendo que ela ganhou um remake na França com o título de Dérapage. No Brasil, a versão britânica chegou pelo canal Globosat HD, atual +Globosat.

Cliquem nas fotos para ampliar.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=34kcWbpTnAI?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.