Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

‘Sombras da Vida’ e 5 outros filmes diferentões na Netflix

Trama com fantasma divaga sobre luto e tempo. Veja outros longas que conquistam ao fugir dos padrãos

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 23 jul 2020, 12h33 - Publicado em 23 jul 2020, 12h17

Um fantasma daqueles com lençol cobrindo o corpo, com direito a dois buracos nos olhos, vaga por uma casa. Parece comédia, ou terror, mas é um drama romântico introspectivo da melhor qualidade. O ser fantasmagórico é o protagonista de Sombras da Vida, longa de 2017 que chegou recentemente à Netflix e tem conquistados fãs, que o alçaram ao status de cult.

ASSINE VEJA

Crise da desigualdade social: a busca pelo equilíbrio Leia nesta edição: Como a pandemia ampliou o abismo entre ricos e pobres no Brasil. E mais: entrevista exclusiva com Pazuello, ministro interino da Saúde ()
Clique e Assine

Há pouco o que dizer sobre o filme, não só pela falta de muitos acontecimentos na tela, mas também pela possibilidade de estragar a experiência do espectador. Na trama, um homem morre e retorna para sua casa, onde a mulher que ele ama ainda mora. A primeira metade do filme é amparada por uma belíssima trilha sonora, que preenche o vazio dos poucos diálogos e a dor do luto e da ausência. Já a segunda parte, mergulha em cores e divagações sobre o tempo e o legado que uma pessoa pode deixar – exemplificado em um intenso monólogo de um personagem que tem só uma cena, mas que cena!

O longa é uma boa pedida para quem gosta de tramas e formatos que fogem do padrão dos filmes hollywoodianos. Abaixo, outras dicas na mesma linha para ver também na Netflix.

Entre Realidades

Com a atriz Alison Brie, o longa apresenta uma personagem com um distúrbio mental, e que enxerga a realidade de modo particular. De cores surrealistas, o roteiro transita entre realidades (como diz o título), ora no que parece ser o mundo real, ora em fantasias da personagem.

Continua após a publicidade

 

Thelma

Neste interessante longa norueguês, o suspense paira sobre a protagonista, uma jovem que desperta medo nos pais e que se vê em situações que deixam o espectador em dúvida: teria ela poderes sobrenaturais ou seria apenas um caso que a psicologia explicaria?

Blue Jay

No romance em preto e branco, um homem e uma mulher se reencontram na idade adulta e desembrulham assuntos mal resolvidos da adolescência, quando eles eram um casal.

Continua após a publicidade

Perdi meu Corpo

Uma mão se perde de seu corpo e passa a procurá-lo no roteiro desta animação que usa a trama absurda para falar sobre memória e identidade.

A Origem

Já um clássico entre os filmes diferentões, o longa de Christopher Nolan transita pelo mundo dos sonhos brincando com a cronologia do tempo e as regras da física na construção dos cenários.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.