Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

‘Servo do Povo’: Série com Zelensky chega ao Brasil com clima tragicômico

Produção mostra professor de história eleito presidente da Ucrânia – trama que levou o ator ao posto de mandatário do país

Por Raquel Carneiro Atualizado em 20 Maio 2022, 23h55 - Publicado em 20 Maio 2022, 12h45

Após ter sua aula interrompida, um professor de história explode diante de um colega que menosprezou sua matéria — para o outro educador, matemática era uma matéria mais importante para os alunos. Irritado, o professor usa o episódio para listar os problemas do país enraizados em sua complexa História, com agá maiúsculo, que os cidadãos teimam em esquecer. “É por isso que todo ano ficamos divididos entre dois candidatos igualmente ruins”, diz ele sobre as eleições presidenciais e a roubalheira a qual os eleitores já se acostumaram. Poderia ser o Brasil (e outros tantos países), mas a cena acima diz respeito à Ucrânia. O discurso gravado por um aluno e publicado no YouTube viraliza e o professor Vasiliy Petrovich Goloborodko acaba, meses depois, eleito presidente ucraniano.

As tiradas cômicas da série Servo do Povo, que acaba de chegar ao Brasil pelas plataformas HBO Max e Netflix, são ácidas, divertidas e até mesmo disparatadas. Sua relação com a realidade, contudo, a transforma em uma produção tragicômica e, por vezes, melancólica. Vasiliy é interpretado pelo ator e comediante Volodymyr Zelensky, hoje, de fato, presidente da Ucrânia. A série de três temporadas, exibidas entre 2015 e 2019 no país do leste europeu, mais um filme especial, fizeram de Zelensky uma personalidade política e, em seguida, o mandatário da nação. Agora, os vídeos com Zelensky passam longe de uma ficção inofensiva: em um bunker, o presidente faz pronunciamentos sobre a resistência ucraniana contra a invasão russa em seu território. Uma guerra de complicadas raízes históricas – como a série e seu professor protagonista aludem. 

Volodymyr Zelensky na série 'Servo do Povo' -
Volodymyr Zelensky ‘atira’ na velha política na série ‘Servo do Povo’ – //Divulgação

Enquanto se prepara para mais um dia de aula, Vasiliy tem sua casa tomada por seguranças e um secretário. Eles informam o professor de sua vitória nas eleições — uma surpresa, já que ele estava no pé das pesquisas. Quando começa seu primeiro dia de trabalho, todo o esquema político corrupto criticado por ele começa a dar as caras, desde uma sessão de fotos falsa para mostrar o presidente em ação entre o povo até um jeitinho nas dívidas do próprio, limadas pelo governo. Ingênuo, Vasiliy demora a perceber a rede na qual caiu – situações feitas para arrancar risos dos espectadores — enquanto ele mesmo vai abrindo concessões a parentes e amigos, no melhor estilo nepotista. As heranças do tempo sob o comando da União Soviética e a relação instável com o governo russo e com o restante da Europa são pinceladas no roteiro.

Em uma cena, o presidente atende o telefonema da chanceler alemã Angela Merkel, dando parabéns pela entrada do país na União Europeia. Vasiliy celebra em nome do povo ucraniano, ao que Angela responde: “Ucranianos? Me desculpe, errei. Estava ligando para Montenegro”. Em outra, numa sessão na câmara, ele se imagina sacando armas e atirando nos representantes da “velha política”. Ambas as bandeiras, da entrada na União Europeia e de renovar o cenário político, foram usadas por Zelensky na campanha da vida real.

Como ator, Zelensky diverte com suas caras e bocas. Mas é difícil olhar para as belas cenas pelas ruas de Kiev ou até mesmo para os muitos adolescentes que participam da série sem imaginar as imagens devastadoras dos dias de hoje, com destruição generalizada e imigrantes se acumulando nos países vizinhos.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)