Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

O streaming que sorri enquanto a Netflix perde assinantes

HBO Max registrou aumento de 3 milhões de usuários nos primeiros três meses do ano, e está otimista em relação aos próximos meses

Por Amanda Capuano Atualizado em 21 abr 2022, 19h55 - Publicado em 21 abr 2022, 13h20

A HBO Max encerrou o primeiro trimestre do ano com 3 milhões de assinantes a mais que em 2021, atingindo a marca de 76,8 milhões de usuários em todo o mundo. O crescimento vem em um momento no qual a principal rival, a Netflix, registrou a primeira queda de assinantes desde a sua fundação, amargando uma perda de 200.000 clientes entre janeiro e março.

Recentemente, a Warner Media, conglomerado do qual a HBO faz parte, oficializou sua fusão com a Discovery, e expressou a intenção de integrar os conteúdos do Discovery + à HBO Max, expandindo ainda mais o catálogo da plataforma. Em uma conversa com analistas, John Stankey, o CEO da AT&T (que controla a Warner), elogiou a transação recém-concluída ao destacar o crescimento de assinantes no primeiro trimestre. “Estamos empolgados com o potencial de crescimento contínuo da HBO Max à medida que o serviço é lançado em novos territórios”, disse Stankey. O executivo ainda acrescentou que a Warner Bros. Discovery terá flexibilidade para licenciar seus conteúdos para outros canais de streaming.

O otimismo vai na contramão do baque sofrido pela Netflix este ano. Embora a empresa ainda seja líder do segmento, com mais de 220 milhões de usuários no mundo inteiro, 2 milhões de assinantes devem deixar a plataforma até julho, segundo informações transmitidas a investidores. A ameaça fez com que as ações da empresa despencassem esta semana, gerando incerteza no mercado. A brecha é a chance para os concorrentes avançarem na guerra pelo domínio dos streamings: além da HBO Max, que vem se expandindo desde 2020, a Disney + alcançou a marca de 129,8 milhões de usuários no primeiro trimestre deste ano, enquanto a Amazon Prime tem 148 milhões apenas nos Estados Unidos – mas é difícil mensurar qual parcela disso vai para o streaming da marca, já que o serviço inclui outras vantagens na loja da Amazon.

Lançada no Brasil (e em outros 38 países da América Latina e Caribe) em junho do ano passado, a HBO Max congrega conteúdos da HBO e do grupo Warner Bros., que compõem um catálogo amplo com opções de séries, filmes famosos, desenhos infantis e transmissões esportivas. Nos Estados Unidos, a plataforma está disponível desde maio de 2020 e conta com 48,6 milhões de assinantes no país. Desses, segundo a AT&T, 1,8 milhão foram conquistados nos últimos três meses.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)